Archive for Fevereiro 2013

As Sete Fontes e o Património Bracarense

No Comments »

(João Marques, Ricardo Silva, Ricardo Rio e Raúl Rodrigues)

Sabia que...

A coligação “Juntos Por Braga” propôs a concretização de um Parque Eco-Monumental para as Sete Fontes, que contemple a preservação do antigo complexo hidráulico do século XVIII, proposta essa que o executivo socialista sempre recusou? A defesa do património Bracarense tem sido uma das prioridades de Ricardo Rio, em contraste com a posição prejudicial que a CM de Braga sempre teve em relação ao riquíssimo espólio patrimonial do concelho. 

Ricardo Rio, numa visita promovida às Sete Fontes a18 de Abril de 2011, em conjunto com a Junta de S. Victor, a Jovem Coop e a ASPA, defendeu que “o peso na consciência dos responsáveis municipais pelo abandono a que votaram as Sete Fontes ao longo dos anos, não deve servir de justificação para esta lógica deliberada de esconder as Sete Fontes dos olhos dos cidadãos, tanto mais que se trata hoje de um Monumento Nacional que devia estar ao alcance de todos”. 

Ao longo destes anos Ricardo Rio tem emitido diversas posições para defesa e salvaguarda do património Bracarense, depois dos actos lesivos cometidos deliberadamente nas últimas décadas pela gestão socialista, que conta com Vítor Sousa na linha da frente na defesa desse legado. Mais, não basta agora, num acto de contrição pouco convincente e que poucos considerarão sincero, dizer que está interessado na defesa do património, quando no passado as suas acções terem sido em sentido diametralmente contrário a esta nova retórica. 

A defesa do Património será uma das apostas de um executivo camarário liderado por Ricardo Rio, em consonância com o que sempre tem defendido nesta matéria. E as diferentes propostas que tem apresentado para o sector, como o desenvolvimento do Parque Eco-Monumental das Sete Fontes, será uma realidade num futuro próximo.

O Braga visto de Braga

No Comments »


Comecemos pelo óbvio: o Braga é o “clube da terra” e, enquanto tal, deverá captar o apreço bairrista dos locais, já não com a condescendência com as agruras de outros tempos mas com a convicção de que estão de facto a torcer por um dos melhores em todas as competições em que participa, seja no futebol, seja em qualquer outra modalidade.

É por isso que ainda hoje agradeço a minha filiação infantil e a presença contínua nas bancadas do 1º de Maio e no Campo da Ponte ao meu avô, Moura Machado, como espero que um dia também as minhas filhas me venham agradecer o facto de terem sido inscritas no seu clube de sempre desde o dia em que nasceram.

E, na mesma linha, é com especial apreço que acompanho as iniciativas com cariz pioneiro que a Direcção do Clube vem desenvolvendo junto da comunidade educativa e todas as outras que têm promovido um estreitamento da relação entre o Clube, os Bracarenses e todos os habitantes dos concelhos minhotos, região de que o Braga se pode assumir como verdadeiro representante.

Assim se explica, quase com naturalidade, e em linha com o crescimento desportivo, financeiro e de prestígio dos últimos anos, o atingir da mítica marca dos 30.000 sócios a que o clube chegou na passada semana.

Dito isto, em Braga ou em qualquer outra parte do mundo, não é “pecado” não se ser adepto do clube local, tanto mais que as paixões clubísticas envolvem circunstâncias e condicionantes quase mais insondáveis do que as que determinam o próprio amor em abstracto

Mas, e este é um grande mas, mesmo para aqueles Bracarenses que não desejem o sucesso desportivo do Braga, ou que o vejam como uma importante ameaça às vitórias dos seus clubes de eleição, o Braga não pode ser ignorado nas suas dimensões social, cultural e económica.

Em primeiro lugar, e sem prejuízo do trabalho (até porque com muito menos recursos) igualmente meritório que um sem número de colectividades realiza nesta esfera, a verdade é que, do ponto de vista estatístico, no conjunto das diferentes modalidades, o Braga acaba por absorver uma percentagem significativa dos jovens que aderem à prática desportiva e beneficiam da formação social e humana que a mesma proporciona.

Em segundo lugar, a envolvência em torno do Braga acaba por reforçar o nível de identidade da Comunidade, com os sucessos do clube a contribuírem para o reforço da nossa auto-estima colectiva e para a nossa afirmação fora das nossas fronteiras.

E, finalmente, o Braga gera hoje uma dinâmica económica considerável, não apenas no âmbito dos recursos que movimenta mas, sobretudo, na capacidade que tem de projectar a imagem do Concelho e da Região, de funcionar como atractivo turístico e como catalisador para que muitos sintam a curiosidade de nos visitar.

E é hoje, graças ao trabalho a que António Salvador deu outra dimensão, um clube de Braga, muito mais do que um clube municipal.

Publicado no Diário do Minho no dia 28 de Fevereiro de 2013

Oportunidades de desenvolvimento turístico para Braga

No Comments »


No próximo dia 8 de Março, terá sequência o Ciclo de Debates “Braga 2025” promovido pelo “Juntos por Braga” através da JSD e da JP. A iniciativa irá decorrer às 21h30 no Hotel S. Vicente. Desta feita, a iniciativa versará a temática do Turismo, contando para o efeito com as intervenções de:


Luís Ferreira - Doutor em Ciências Económicas Empresariais (UCS)

Especialista em Planeamento Estratégico em Turismo.

Maria Carmen Pardo - Doutoranda em Turismo

Ex- Secretaria General para o Turismo - Xunta de Galícia

Agostinho Peixoto

Presidente da APTP - Associação de Profissionais de Turismo de Portugal


Participe! Divulgue pelos seus contactos! Juntos, pensamos e fazemos futuro!

Eu, Presidente

No Comments »


Hoje, iniciamos uma nova rubrica na Página de Facebook, que mais vem reforçar o espírito de incentivo à sua participação neste projecto.

Sem ter que passar pelo processo eleitoral, convidámo-lo a assumir o cargo de Presidente da Câmara Municipal de Braga por um dia, dando-lhe oportunidade de se pronunciar sobre diferentes temáticas que contendem com a esfera municipal.

Esta semana, focamos a sua atenção numa empresa municipal – a BragaHabit -, desafiando-o(a) a expressar a sua opinião sobre a actividade desta empresa no âmbito das políticas de habitação e do apoio social do Município.

Se fosse Presidente da Câmara Municipal de Braga o que esperaria do trabalho desta empresa? Que medidas tomaria? A que iniciativas daria continuidade?


Juntos, fazemos futuro!”

2500 gostos no Facebook

No Comments »


Atingimos esta noite os 2500 gostos na página de Facebook. Obrigado a todos. Continuem a apoiar e a divulgar este espaço. Vamos ajudar Ricardo Rio a mudar Braga!

Juntos, Somos Mais. Por Braga!

Ricardo Rio participou em fórum online com Bracarenses

Ler mais » | No Comments »

Ricardo Rio participou num fórum de perguntas e respostas online. A iniciativa, organizada pelo fórum Autárquicas 2013, foi uma oportunidade para todos os interessados colocarem questões ao líder do “Juntos Por Braga” que, durante uma hora e meia, esteve ligado à internet e disponível para esclarecer todas as dúvidas colocadas pelos muitos participantes sobre os mais diversos temas da atualidade bracarense.

Para Ricardo Rio, esta foi uma iniciativa “inovadora” e bastante interessante na ótica do contacto direto com os cidadãos. “Procuramos sempre investir numa estratégia de proximidade com as pessoas, porque acreditamos que só auscultando os agentes conseguimos desenvolver políticas que vão ao encontro das suas reais necessidades”, salientou.

Nesse sentido, o líder do “Juntos Por Braga” destacou que esta é mais uma “ótima forma” de estar ligado aos bracarenses. “Sabemos a importância da internet e a ferramenta de comunicação poderosa que é. Na impossibilidade do contacto pessoal direto com todos, este é uma excelente meio de darmos feedback às pessoas”, afirmou.

Durante a sessão, que versou um conjunto vasto de temas, Ricardo Rio disse estar convicto de que 2013 será o ano do “coroar” de todo um trabalho de construção de um projeto alternativo de governação da Câmara Municipal. “Hoje, os Bracarenses conhecem, apreciam e apoiam muitas das nossas propostas, valorizam a nossa postura e antecipam as vantagens que só uma mudança efetiva da gestão da autarquia pode propiciar”, acredita.

(pode ler a participação de Ricardo Rio aqui)

Visita de Ricardo Rio à APD

Ler mais » | No Comments »

Ricardo Rio defende apoios equitativos para todo o Desporto adaptado  


Integrado no ciclo de contactos que os “Juntos Por Braga” têm promovido com diversos agentes da área social e que tem como finalidade estabelecer com eles uma política de proximidade e diálogo, Ricardo Rio visitou a Associação Portuguesa de Deficientes. 

A APD foi criada em 1982 e trabalha no sentido de garantir a integração e inclusão na sociedade das pessoas com deficiência. “Fazemos o atendimento, acompanhamento e encaminhamento de pessoas com deficiência. Temos também um gabinete de apoio psicológico e social e desenvolvemos inúmeras atividades culturais, recreativas e desportivas”, disse Rosa Guimarães, Presidente da APD. 

Durante a visita, foram abordadas de forma genérica um conjunto de questões que afetam a população deficiente como a mobilidade, os transportes ou as acessibilidades em edifícios públicos. 

“Não é fácil conseguir que os deficientes tenham possibilidade de se deslocarem com facilidade e, dessa forma, serem verdadeiramente independentes. Braga já é uma cidade que oferece melhores condições e que tem algumas situações resolvidas, como é o caso da acessibilidade ao transporte, mas há ainda muita coisa para fazer”, afirmou a Presidente da APD. 

Ricardo Rio referiu que é fundamental que exista um “cuidado permanente” da autarquia para que os deficientes possam ter as condições necessárias para levar uma vida normal. “A nível de acessibilidades as coisas nunca estão completamente resolvidas, é um trabalho constante. Há sempre algo que se pode fazer melhor, evoluções que é necessário acompanhar. Temos a obrigação de fazer com que a cidade tenha todas as condições para os deficientes terem uma vida sem restrições”, assinalou, chamando a atenção para o facto de alguns edifícios em Braga, alguns deles de construção recente, não disporem das acessibilidades ideais para os deficientes. “É algo que, por certo, merecerá um especial cuidado da nossa parte”, referiu Rio.

Ler mais

Apoios na área de acção social

No Comments »

Sabia que...


A Coligação “Juntos por Braga” apresentou a 25 de Fevereiro de 2010, numa reunião do executivo camarário, uma proposta para criação de um regulamento de enquadramento do apoio às instituições que prossigam actividades na área da Acção Social? Proposta essa que foi reprovada pela maioria socialista no executivo...



Neste contexto, pedia-se ao executivo municipal que solicitasse aos serviços da Câmara Municipal a redação de um regulamento que deveria ser, posteriormente, submetido a este órgão e à Assembleia Municipal. Na proposta, a Coligação apresentava um conjunto de ideias a implementar, separando as propostas como Apoios de Natureza Financeira e não Financeira.


De entre as primeiras, salientava-se:

a) Apoio financeiro a actividades, não regulares, e consideradas de interesse relevante para os Munícipes, através da concessão de subsídios pontuais;

b) Apoio financeiro para obras de conservação e beneficiação das instalações, designadamente quando respeitar à segurança dos equipamentos, até ao montante de 25.000€ (Vinte e Cinco Mil Euros);

c) Cedência de terrenos municipais para a construção de equipamentos sociais;

d) Apoio financeiro na construção de equipamentos sociais de 10% do montante financiado por verbas nacionais ou comunitárias;

e) Apoio a outras iniciativas/projectos/programas da iniciativa municipal e ao abrigo de protocolos de parceria.

Nos apoios não financeiros, apresentavam-se importantes propostas, tais como:

a) Cedência de espaços físicos, equipamentos e outros meios técnicos e logísticos;

b) Divulgação das iniciativas e dos projectos prosseguidos pelas entidades destinatárias;

c) Facultar a possibilidade do Município ser uma plataforma de criação de parcerias institucionais inter-municipais, numa óptica de crescente operacionalização e alargamento de âmbito da Rede Social;

d) Apoio técnico na elaboração de candidaturas a financiamentos públicos e comunitários para as diferentes entidades parceiras;

e) Elaboração de projectos de arquitectura para a construção de equipamentos sociais;

f) Elaboração de projectos de arquitectura para os arranjos exteriores. 

Braga dispõe de uma rede alargada de instituições que, em várias áreas de intervenção, desenvolvem actividade na área da Acção Social, dando resposta às múltiplas necessidades dos mais carenciados. É do conhecimento geral que, por inúmeras vezes, estas próprias instituições passam por dificuldades.


É nessa óptica que se deve apoiar quem apoia, ajudar quem ajuda os outros...

Visita à Associação de Paralisia Cerebral de Braga

Ler mais » | No Comments »


Respostas sociais para cidadãos com paralisia cerebral são fundamentais


De forma a dar seguimento a um conjunto de iniciativas no terreno que pretendem estabelecer o diálogo e o espírito de cooperação entre os “Juntos Por Braga” e os agentes que atuam no âmbito social, Ricardo Rio visitou a Associação de Paralisia Cerebral de Braga (APCB). 

Esta visita permitiu ao candidato à presidência da Câmara Municipal de Braga perceber melhor o funcionamento desta IPSS e as condicionantes com que tem de lidar. “Foi uma iniciativa extremamente útil no sentido de conhecer o trabalho excecional que esta instituição tem realizado e que tem ajudado várias famílias a ultrapassar as dificuldades inerentes a este problema”, afirmou Rio.

José Luís Alves, Presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Braga desde 2004, acompanhou Ricardo Rio durante a visita. O Presidente enfatizou que a APCB tudo faz no sentido de providenciar aos utentes e seus familiares o melhor atendimento possível. “Temos uma equipa extremamente esforçada e empenhada, que está sempre disposta a fazer sacrifícios para ajudar os nossos utentes. É sem dúvida com enorme orgulho que olho para a atividade que aqui desenvolvemos”, garantiu. A APCB atende cerca de 350 utentes por mês e conta com o apoio de 42 funcionários de diversas áreas de atividade.

Ler mais

O tempo da Universidade do Minho

No Comments »

Hoje foi tempo de celebrarmos a Universidade do Minho. 

É tempo, também, de seguirmos uma política de verdadeira proximidade entre a cidade e a Universidade materializada em realizações conjuntas. 

É tempo de ouvir e agir…é tempo de explorar sinergias criando riqueza. 

É tempo de incentivar a criação de parcerias baseadas na diversidade, na confiança e em benefícios mútuos. 

É tempo de assumir compromissos…Braga não pode desperdiçar a excelência, a inovação e a competência dos recursos formados e criados na nossa cidade…compromissos ancorados em projectos e que envolvam empresas de bens e serviços. 

É tempo da cidade se empenhar em transmitir as necessidades das populações aos que gerem e aplicam o conhecimento. 

É tempo de investir… 

A Universidade: fornecendo informação, dados, aplicando resultados de investigação e visões de futuro no processo de desenvolvimento sustentável da cidade. 

A cidade: proporcionando oportunidades e campo para a análise e materialização de políticas, planos, metodologias e tecnologias. 

Ambas, contribuindo para a concretização de projectos comunitários de valor. 

Por fim, devo também deixar uma palavra de admiração aos estudantes da Universidade do Minho. Numa época tão difícil a nível global como a que vivemos, é assinalável o seu sentido de responsabilidade social, não apenas nas suas intervenções e realizações, mas fundamentalmente na dimensão das suas causas, valores e ideais. 

É tempo de incutirmos a mesma numa dimensão autárquica, partilhando os mesmos princípios de solidariedade, altruísmo, generosidade e bem comum. 

É tempo dos agentes políticos locais não hipotecarem mais as oportunidades que a Universidade do Minho tem oferecido à cidade. É tempo de criar políticas atractivas no acesso às infra-estruturas sociais, culturais ou de lazer, políticas que facilitem a mobilidade dos jovens, políticas de regeneração urbana que favoreçam a sua fixação no centro da cidade e que potenciem todo o comércio local. 

É tempo de não se hipotecar mais as gerações futuras da nossa cidade. É tempo de não se hipotecar mais Braga.

Ricardo Rio

Visita à Escola Secundária de Maximinos

Ler mais » | No Comments »


Maior distanciamento entre direção e alunos pode prejudicar trabalho conjunto 


Dando seguimento a um ciclo de contatos com agentes que atuam na área educativa - que tem como principal objetivo auscultar os vários intervenientes e perceber a realidade que se vive no terreno -, Ricardo Rio visitou a Escola Secundária de Maximinos, sede do primeiro Mega-Agrupamento de Escolas em Braga, após a fusão com o Agrupamento Vertical de Escolas Oeste da Colina, em 2010. António Pereira, diretor do Mega-Agrupamento, acompanhou Ricardo Rio durante esta iniciativa.

A visita permitiu ao líder do “Juntos Por Braga” perceber de que forma está a funcionar o modelo do Mega-Agrupamento de Maximinos. De acordo com António Pereira, não obstante os obstáculos estarem perfeitamente identificados, a adaptação está a ser “exigente”. “Em termos de coordenação, temos vivido situações complexas. O maior distanciamento da direção relativamente aos alunos e professores condicionou um pouco a eficácia e o alcance do nosso trabalho”, afirmou. 

O diretor enfatizou que, apesar das aulas continuarem a decorrer de forma “perfeitamente tranquila e dentro da normalidade”, torna-se mais complicado conseguir resolver os problemas quotidianos dos alunos. “Esta centralização fez com que aumentasse a quantidade de trabalho, exigindo um especial empenho de todos os docentes e responsáveis do agrupamento”, alertou.

António Pereira garantiu ainda que, para conseguirem contrapor as dificuldades criadas por este modelo, os responsáveis do agrupamento têm procurado fomentar espaços “informais de consulta e diálogo” com os representantes de pais e com toda a comunidade educativa.

Ler mais

Braga pelos meus olhos

No Comments »

(Igreja da Misericórdia)


Envie-nos uma fotografia para o email geral@ricardorio.pt e mostre-nos a sua Braga. A cidade que ama, a cidade que o faz feliz, mas também a Braga que tem de mudar. Este será um espaço vosso.

Sobre o GNRation

No Comments »

Sabia que... 


O novo espaço GNRation foi proposto pelos “Juntos por Braga” para sede da Capital Europeia da Juventude em 2010? Os concursos de ideias prometidos por Hugo Pires nunca tiveram lugar, tendo a Fundação Bracara Augusta optado por um ajuste directo de 74.950 euros (de assinalar que o valor máximo para um ajuste directo são 75.000 euros!), para a definição do modelo de gestão... 

Todavia, e não fossem suficientes os anteriores malabarismos, eis que surge a “gota de água”: um contrato de arrendamento formalizado entre a Câmara Municipal e a Fundação Bracara Augusta, que prevê uma renda mensal de, imagine-se, 150 euros mensais. 

E agora, qual o futuro do GNRation? Qual a sua missão? Será uma alavanca de progresso para Braga? Ou um expediente para os clientelismos do costume?

Aquilo que começou por ser um espaço aglutinador de iniciativas culturais e empreendedorismo parece agora um local de concessão a espaços lúdicos e comerciais. Creio que se está a desvirtuar o espaço que até tinha recebido a nossa aprovação”, avança Ricardo Rio. O líder da Coligação Juntos Por Braga e candidato à Presidência da Câmara Municipal de Braga queixa-se da falta de transparência do modelo proposto, nomeadamente no que diz respeito à sua gestão. Ricardo Rio questiona mesmo o “porquê desta decisão nesta altura e não em Outubro, altura em que tudo poderia ser decidido pelo próximo executivo.  
(in RUM, 14.02.2013)

Encontro com empresários

Ler mais » | No Comments »



Desenvolver uma política de proximidade é prioridade do “Juntos Por Braga”

Ricardo Rio tomou o pequeno-almoço com um conjunto de empresários bracarenses de diversas áreas de atividade. A iniciativa, que teve por objetivo promover uma conversa informal sobre vários assuntos relacionados com a área empresarial e comercial em Braga, foi promovida pelos empresários António Santos e João Barbosa e decorreu nas instalações da empresa Financeport.

De acordo com os empresários presentes, falta em Braga uma política de maior diálogo e cooperação entre a Câmara Municipal e os comerciantes, o que origina um afastamento da autarquia relativamente à realidade que se vive na cidade.

O líder do “Juntos Por Braga” criticou essa atitude “autista” do executivo municipal que prejudica “gravemente” a atividade empresarial e comercial na cidade. “Temos uma autarquia que se fecha em si mesma e recusa ouvir e envolver outros intervenientes. Essa é uma postura totalmente contrária àquilo que defendemos, a proximidade com os agentes é uma das nossas prioridades”, garantiu Rio, lamentando de seguida que Braga tenha recursos humanos de “grande qualidade” que não estão a são aproveitados.     

Que políticas municipais de juventude para Braga?

No Comments »


Fomos perguntar a alguns jovens Bracarenses o que pensam sobre as políticas para a juventude na cidade de Braga. A escassez de iniciativas e de animação no centro são as principais lacunas apontadas pelos jovens.

As Piscinas Olímpicas

No Comments »

Sabia que....


A CM de Braga investiu oito milhões de euros na construção de uma Piscina Olímpica, tendo abandonado o projecto a meio, sem que a infraestrutura tivesse sido concluída? Ricardo Rio, desde sempre foi crítico deste processo, defendendo que se a autarquia tivesse sido competente o valor já gasto teria sido suficiente para construir a Piscina Olímpica que Braga necessita.

  
Este é apenas mais um exemplo do despesismo que não é admissível na gestão de dinheiros públicos. Recentemente, a Câmara Municipal anunciou a reconversão do projecto num parque aquático e um hotel, numa parceria com uma sociedade unipessoal, num negócio muito pouco transparente, de que os Bracarenses poucos ou nenhuns pormenores conhecem. Ricardo Rio classificou este negócio como "o memorial do despesismo socialista de Braga", afirmando que "é tudo menos transparente, sem respeito pela concorrência do mercado", já que a Câmara optou por negociações "de carácter particular". Segundo Rio, este último negócio não salvaguarda o interesse público nem é coerente com o compromisso eleitoral do PS, que prometeu para o Parque Norte umas piscinas olímpicas. Ricardo Rio defende que para o local, e com vista a aproveitar alguns dos investimentos já feitos, a solução deveria ser reformular o projecto inicial, que foi de total megalomania, através de um modelo mais económico e financeiramente sustentável. 

A obra está parada desde 2008 e os cofres municipais já desembolsaram oito milhões de euros. Ricardo Rio tem sido coerente desde o inicio. Não questionando a necessidade da construção de uma piscina olímpica no Concelho, sempre considerou o projecto megalómano e que não se adequava aos interesses de Braga.


  

Estamos no Instagram

No Comments »


(Na primeira foto, Carlos Sá e uma equipa de primeira à frente da Junta de Freguesia de Priscos)



Declarações de Ricardo Rio

No Comments »


Ricardo Rio na quinta-feira falou sobre a polémica retirada de cartazes de protesto contra os parcómetros por parte dos Bombeiros Municipais, os apoios ao desporto adaptado e o desemprego no concelho de Braga. Aqui fica o registo em vídeo dessas declarações. 

Ricardo Rio é o preferido dos Bracarenses

No Comments »



De acordo com as duas sondagens depositadas na ERC, uma da Aximage e outra da Eurosondagem, Ricardo Rio é o preferido dos Bracarenses para liderar a Câmara Municipal de Braga.

Temos um longo caminho pela frente, mas Juntos vamos conseguir! Por Braga!

Eurosondagem: http://bit.ly/11N4AFm

Ricardo Rio critica processo de arrendamento do GNRation

1 Comment »


Ricardo Rio afirmou que entrega da gestão do GNRation à Fundação Bracara Augusta é pouco transparente e mais parece um pretexto para prolongar, até Outubro, "o encaixe" de alguns dos responsáveis municipais pela Capital da Juventude. O líder do "Juntos Por Braga" teme ainda teme que o GNRation seja transformado num simples centro comercial.

Ricardo Rio sobre os Parcómetros

No Comments »


Ricardo Rio considera "completamente despropositado" o argumento da Câmara Municipal de que Braga necessita de mais zonas de estacionamento pago.e conclui que a autarquia tem como objetivo aumentar significativamente o número de ruas com estacionamento pago em caso de vitória do PS nas próximas eleições autárquicas de Outubro.




Reunião com Associação de Pais da Escola EB 2,3 de Nogueira

Ler mais » | No Comments »



Promoção do diálogo é fundamental para garantir políticas educativas de sucesso


No seguimento de um conjunto de contactos com agentes educativos que têm por objetivo perceber a realidade do sector e os problemas com que se depara, através da auscultação dos seus vários intervenientes, Ricardo Rio reuniu com a Associação de Pais da Escola EB 2,3 de Nogueira. 

Durante o encontro, os representantes da Associação de Pais deram a conhecer as suas reservas e preocupações com o processo de reordenamento/agregação de agrupamentos no concelho de Braga. “Estamos convictos de que estruturas demasiado grandes afastam a escola da comunidade que servem. É necessário bom senso nesta questão, já que a prioridade deve ser sempre a qualidade da escola pública”, afirmou Jorge Mendes, Presidente da associação. 

Para a Associação de Pais, o afastamento territorial entre a direção da escola e os alunos e encarregados de educação pode conduzir ao surgimento de dificuldades a vários níveis. “O aumento da distância vai conduzir, por certo, a um aumento da indisciplina dos alunos e a uma diminuição substancial da importância dos pais enquanto responsáveis pela educação dos seus filhos. Esta é uma medida que necessita de ser repensada e de ter em maior consideração a gestão pedagógica da escola”, acredita Fernanda Carvalho, Presidente da Assembleia da Associação de Pais. 

A aposta numa estrutura de proximidade é, segundo os representantes da associação, a única forma de garantir o sucesso e melhoria dos resultados educativos dos alunos. ”Em espaços grandes e impessoais, é muito mais complicado o desenvolvimento humano dos jovens e a sua inserção harmoniosa na sociedade”, assegurou Jorge Mendes. 

Juntos, Por Braga!

No Comments »


Excerto da intervenção de Ricardo Rio no Domingo passado no Museu dos Biscainhos, na cerimónia que formalizou a Coligação "Juntos Por Braga".

Sabia que ...

No Comments »

Já em 2011, em declarações à comunicação social, Ricardo Rio mostrava-se contra a hipótese levantada pela Câmara em concessionar a gestão dos parquímetros a privados. À data, o executivo camarário apelidava essas declarações como devaneios da oposição. Agora, em 2013 com a colocação de parquímetros – e sua gestão por privados - em mais 27 ruas, a pergunta coloca-se: e os devaneios são de quem?


“No que diz respeito aos parquímetros à superfície, a definição das zonas de parqueamento pago, a fixação das tarifas desse parqueamento, e várias outras opções, são questões estratégicas do ponto de vista, por exemplo, do ordenamento do trânsito, da política de fomento urbanístico, que são áreas chave de qualquer gestão municipal”, argumentava. 
Enquanto vereador da oposição, Ricardo Rio revelava que "a entrega da gestão dos parquímetros à iniciativa privada é vista como o exemplo de como uma má gestão financeira pode justificar opções incompreensíveis e uma “antecipação de receitas futuras numa área chave na gestão do território municipal, opção que condicionará a acção de executivos futuros”. 
Nessa mesma data, o Presidente Mesquita Machado, questionado sobre essa possibilidade, recusou comentar aquilo que apelidou, então, como “devaneios da oposição”. 
Correio de Minho, 25 de Março 2011

Noticiário "Juntos Por Braga"

No Comments »

Em destaque a conferência sobre políticas municipais de juventude realizada no passado dia 1 de Fevereiro no Café Vianna e ainda um interessante inquérito de rua a alguns jovens bracarenses sobre o mesmo tema. No final, Ricardo Rio pronuncia-se sobre o "verdadeiro assalto aos bolsos dos bracarenses" que representa a decisão do executivo municipal em alargar os parcómetros pagos no centro da cidade.

Coligação "Juntos Por Braga" formalizada

No Comments »



Decorreu ontem, no Museu dos Biscainhos, a assinatura do acordo de coligação celebrado entre PSD, CDS-PP e PPM, formalizando assim a candidatura “Juntos por Braga” à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia do Concelho de Braga.

Ricardo Rio apresenta-se como candidato da Coligação à presidência da Câmara Municipal de Braga, a terceira maior cidade do país. Certos de que esta será a melhor escolha para os bracarenses, muitos foram aqueles que quiseram estar presentes na formalização do arranque da corrida eleitoral.

Foi uma sala repleta que assistiu aos discursos dos lideres partidários locais: Manuel Beninger pelo PPM, Henrique Borges pelo CDS-PP e ainda de João Granja pelo PSD. A cerimónia terminou com um discurso do cabeça de lista da coligação, Ricardo Rio.

Sempre Juntos, por Braga

No Comments »

Realiza-se este Domingo (dia 10 de Fevereiro), pelas 15h30, no Museu dos Biscainhos, a cerimónia pública de assinatura do protocolo tendente à constituição da Coligação “Juntos Por Braga”, para a reedição de uma candidatura conjunta entre o PPD-PSD (Partido Social-Democrata), o CDS-PP (Partido Popular) e o PPM (Partido Popular Monárquico) à Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Braga e às Assembleias de Freguesia nas Eleições Autárquicas de 2013. 

Esta união de esforços entre os partidos da Coligação vem dar seguimento ao trabalho conjunto em prol do progresso e do desenvolvimento da cidade que está a ser executado desde 2001. O apoio unânime dos três partidos converge assim na candidatura de Ricardo Rio à Presidência da Câmara Municipal de Braga nas próximas Eleições Autárquicas, contribuindo para o reforço de um projecto suprapartidário que, em conjugação de energias entre Partidos e cidadãos, representa uma alternativa sólida e capaz para o futuro do Concelho.

Visita à ASCREDNO

Ler mais » | No Comments »

Braga tem de encontrar soluções para suprir carência de respostas para a Terceira Idade

No âmbito do ciclo de contactos com agentes do sector social que os “Juntos Por Braga” têm vindo a efectuar, Ricardo Rio visitou a Associação Social, Cultural, Recreativa e Desportiva de Nogueiró (ASCREDNO). O autarca foi acompanhado na visita, entre outros, por Afonso Tinoco, Presidente da instituição, e João Tinoco, Presidente da Junta de Freguesia de Nogueiró.

Esta nova visita de Ricardo Rio à ASCREDNO voltou a decorrer em clima de grande envolvência, com o candidato à Presidência da Câmara a ser surpreendido pela calorosa recepção dos utentes do Centro de Dia, que lhe dedicaram, com vocês bem afinadas, algumas canções populares portuguesas.

A ASCREDNO é uma IPSS fundada em 1993 e que assume como objectivos fundamentais desenvolver acções no âmbito da solidariedade social e promoção da cultura e do desporto. Actualmente, a instituição dispõe das valências de Centro de Dia, ATL, apoio domiciliário e de um gabinete de apoio à família e à comunidade. “Agora, a nossa prioridade passa pela construção de um Lar, que é uma necessidade urgente para esta comunidade. Temos idosos no Centro de dia e em apoio domiciliário que já precisam de um apoio a tempo inteiro e não temos as condições para o fazer”, afirmou Afonso Tinoco.

Ler mais

Visita a respostas sociais de Celeirós

Ler mais » | No Comments »

Ricardo Rio visitou Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Vale d’Este (Celeirós):
"Braga tem que reconhecer trabalho voluntário dos dirigentes das Instituições Sociais"

Ricardo Rio deu ontem sequência ao ciclo de contactos com Instituições do Sector Social com uma visita à Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Vale d’Este, sediada em Celeiros.

No decurso da visita a esta IPSS, o candidato à Presidência da Câmara Municipal de Braga fez questão de dirigir uma mensagem de agradecimento a todos aqueles que, “de forma voluntária e com grandes sacrifícios pessoais, assumem a empreitada de criar e gerir estas instituições que tanto benefício trazem para as nossas comunidades”.

A mensagem aplica-se a todos os responsáveis das instituições sociais mas teve uma destinatária particular, na pessoa da D. Lucinda Machado Pinto - fundadora da Associação e hoje utente da respectiva valência de Centro de Dia - que lembrou que, como o seu exemplo demonstra, “as pessoas têm que perceber que pode chegar o dia em que também elas precisem de ajuda e em que é fundamental que haja respostas capazes”, garantindo que “todo o esforço valeu a pena”.

Ler mais

Visita à EB 2, 3 de Celeirós

Ler mais » | No Comments »


“A manutenção de um ensino de qualidade é uma das nossas principais preocupações”

No seguimento de um ciclo de contactos que têm por objectivo promover a cooperação e o diagnóstico com os cidadãos, associações e agentes do concelho de Braga, Ricardo Rio visitou a Escola Básica 2,3 de Celeirós. Célia Simões, diretora da Escola, acompanhou Ricardo Rio durante a visita. Este é um esforço de cooperação e diagnóstico que os “Juntos Por Braga” assumem como essencial e que, neste caso, pretende estabelecer um diálogo directo com agentes do sector da educação, incluindo Escolas, e associações representativas de Estudantes, Pais e Professores.

Ricardo Rio aproveitou a iniciativa para conhecer em detalhe as instalações da Escola e as dificuldades que esta enfrenta, e felicitou tanto a Escola como o Agrupamento de Celeirós pelo “óptimo” trabalho que têm vindo a desenvolver. O autarca assegurou que a área da educação e a manutenção de um ensino de qualidade são uma das principais prioridades do “Juntos Por Braga”. “O sector educativo está a passar por um período de transformação algo conturbado, pelo que é sempre com especial prazer que acompanhamos o bom desempenho das escolas, como é aqui o caso”, afirmou.

Bem vindos

No Comments »


Este é o blogue oficial da candidatura de Ricardo Rio à Câmara Municipal de Braga, que encabeça a Coligação "Juntos Por Braga", que engloba o PPD-PSD (Partido Social-Democrata), o CDS-PP (Partido Popular) e o PPM (Partido Popular Monárquico). Pretende-se construir um espaço dinâmico e activo na procura de um futuro melhor para a nossa cidade. Esperamos escrever aqui páginas de sucesso de pessoas e instituições que representam o melhor de Braga. Ao mesmo tempo, este será também um espaço para explicar, desenvolver e aprofundar o projecto que Ricardo Rio e a sua equipa irão apresentar a todos os bracarenses. 

Este será um blogue aberto a todos os que desejaram enviar contributos, sugestões ou simplesmente questões. Um espaço interactivo, onde explicaremos as nossas ideias para Braga, mas também esperamos receber a vossa colaboração. 

Juntos, fazemos o futuro!