Archive for 2013

Obrigado, Braga!

No Comments »


Obrigado a todos os Bracarenses. Termina hoje uma longa campanha que vai mudar a história de Braga e da relação que os seus cidadãos têm com o poder autárquico. Após 37 anos de domínio único, esta é a hora da mudança e de um “Tempo Novo para Braga”. Esta não foi uma campanha vulgar de apregoar promessas na rua: ouvi, aprendi, retorqui, expliquei e debati. Foi uma campanha extremamente enriquecedora do ponto de vista pessoal, pelo muito que aprendi com os milhares de Bracarenses com quem tive o prazer de contactar ao longo dos últimos meses.

Reuni com jovens, estudantes, empresários, sindicalistas, trabalhadores, com organizações da sociedade civil, com instituições religiosas, com entidades culturais. Tive a oportunidade de conhecer de perto as preocupações e os anseios dos Bracarenses e de reflectir sobre as respectivas soluções. Apresentei o meu projeto para Braga, com a consciência que eu e a minha equipa temos todas as condições para o tornar num Concelho mais próspero, mais desenvolvido e em quem os Bracarenses possam ter orgulho.

Os Bracarenses conhecem-me e sabem o que proponho. Sabem também que comigo terão um representante intransigente dos seus interesses na Presidência da autarquia. Conto convosco para vencer as eleições no próximo domingo! Venceremos com todos e por todos os Bracarenses! Lutaremos a cada dia por um futuro melhor! Lutaremos juntos, todos os dias, por uma “Braga Maior”!

Tudo e Todos Por Braga!

Comício dos “Juntos Por Braga” juntou milhares de pessoas em Ferreiros

No Comments »


“Mostrámos que somos os melhores, os mais capazes e os mais disponíveis para servir Braga” 

Milhares de pessoas estiveram em Ferreiros para assistir ao comício realizado pelos “Juntos Por Braga” e que contou com a participação do músico André Sardet. Foi em ambiente de enorme festa e alegria contagiante que os presentes receberam Ricardo Rio, mostrando-se plenamente convictos de que, no dia 29 de Setembro, a vitória será dos “Juntos Por Braga”. 

Segundo Ricardo Rio, este foi um dos últimos grandes momentos de uma campanha que decorreu de forma “absolutamente extraordinária”. “Apresentamos as nossas propostas e equipas e escolhemos os melhores, os mais capazes e os mais disponíveis, razões pelas quais estamos muito confiantes que conseguimos conquistar a confiança dos Bracarenses e vamos alcançar a vitória”, salientou, garantindo que, com os ´Juntos Por Braga, o concelho vai ficar muito bem servido para o futuro. 

O candidato à Câmara Municipal aproveitou a oportunidade para agradecer o entusiasmo, apoio e carinho que todos os dias, por todas as freguesias por onde tem passado, tem recebido da parte dos inúmeros Bracarenses com que contacta. “É com base nesse fantástico apoio que acreditamos numa grande vitória no dia 29 de Setembro. Mas é preciso ter em conta que para Braga mude, é fundamental a vossa participação, o vosso apoio e o vosso voto”, reforçou. 

Para Rio, é essencial que todos continuem no mesmo caminho, sublinhando que é muito importante que, num dia tão decisivo para o futuro de Braga, ninguém pode ficar em casa. “É preciso que todos sem exceção estejam presentes para que Braga possa mudar e todos possamos ganhar. E só uma vitória dos ´Juntos por Braga´ garante a mudança que o concelho há muito deseja”, afirmou. 

A finalizar, Rio evidenciou que, depois das eleições, é necessário trabalhar muito e em prol de todos os Bracarenses. “Há vários problemas para resolver, muitos cidadãos que precisam de oportunidades de emprego, muito apoio que deve ser dado aos que mais precisam e muitas melhorias a efetuar ao nível do ambiente, cultura ou regeneração urbana. No próximo ciclo de gestão autárquica é exatamente isso que vai suceder, porque Braga vai ter os melhores”, garantiu, declarando que é preciso virar a página em relação ao que de mal foi feito no passado e encarar o futuro com renovada confiança e otimismo.

Mulheres assumem papel determinante na candidatura dos “Juntos Por Braga”

No Comments »

Ricardo Rio jantou com mulheres Bracarenses

Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, jantou com mais de 350 mulheres Bracarenses, numa iniciativa que pretendeu promover o convívio e a boa disposição, assim como realçar a importância crescente das mulheres na sociedade e também na política. 

O candidato à Câmara Municipal lembrou que as mulheres assumem um grande protagonismo na candidatura que lidera, personificado sobretudo por Sameiro Araújo e Lídia Dias, assim como pelas demais candidatas incluídas na lista da vereação. “Pela primeira vez, teremos também uma mulher a presidir a Assembleia Municipal, Hortense Santos. Juntamente com as centenas de autarcas que vão participar neste projeto nas mais diversas freguesias, e em alguns casos encabeçam essas candidaturas, as mulheres dão muita força aos ´Juntos Por Braga ´”, salientou, sublinhando ainda o fantástico trabalho das mulheres que estão na estrutura da campanha e nas equipas de voluntários. 

Segundo Ricardo Rio, esta participação tão forte das mulheres é sinal de que está no caminho certo. “Contar com um apoio tão esmagador das mulheres Bracarenses é sinal de confiança e de que Braga vai entrar no bom caminho a partir do dia 29. Mas o reconhecer desse papel das mulheres não será um ato passivo, já que no dia-a-dia da ação municipal há muito por fazer para que estas tenham em barga os apoios que merecem nas mais diversas áreas de intervenção municipal”, garantiu, sublinhando que pretende ajudar as mulheres do concelho a serem “cada dia mais felizes”. 

Como sublinhou Rio, as mulheres têm assumido um protagonismo cada vez maior em todos os quadrantes da sociedade. “Essa afirmação acontece devido à sua enorme capacidade de trabalho, dedicação e especial sensibilidade. Da nossa parte, sempre defendemos o princípio da igualdade de oportunidades e do reconhecimento do mérito. Vocês são o melhor exemplo disso”, afirmou, falando diretamente para as mulheres presentes nesta iniciativa. 

Por seu turno, as mulheres fizeram questão de agradecer a realização desta iniciativa e comprometeram-se a desenvolver um trabalho incansável em benefício de Braga e de todos os cidadãos. “Queremos assumir um papel ainda mais determinante na política Bracarense, envolvendo cada vez mais mulheres neste projeto que vai mudar Braga para muito melhor”, garantiram.

Instalação de projetos de empreendedorismo e criação de espaços para o associativismo são soluções para reverter abandono

No Comments »

Ricardo Rio visitou Centros Comerciais de 1ª geração 

Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, visitou vários centros comerciais de 1ª geração no centro da cidade, numa iniciativa que teve como objetivo apresentar as suas propostas para reverter a tendência de abandono a que estes têm sido sujeitos.

Na ocasião, Rio salientou que a generalidade dos centros comerciais de 1ª geração enfrentam hoje enormes dificuldades, com muitas lojas vagas e uma falta clara de capacidade de animação e atração. “Nesse sentido, pretendemos propiciar também a esses espaços comerciais fechados o mesmo tipo de animação que queremos promover para o centro da cidade, que atrairia também consumidores e visitantes para o comércio em espaço aberto”, afirmou. 

Para atingir esses objetivos, Rio pretende desenvolver um programa de instalação de novos projetos de empreendedorismo, em colaboração com os proprietários desses espaços devolutos. “Sejam pequenos espaços comerciais ou projetos artesanais, existe toda uma panóplia de possíveis projetos de criação do próprio emprego e de estímulo ao empreendedorismo jovem que julgamos que podem ser acolhidos nestes espaços”, sublinhou. 

Aliado a essa vertente, os “Juntos Por Braga” propõem ainda a criação nesses espaços de locais de apoio ao associativismo do concelho. “Como todos sabemos, existem várias coletividades que não dispõem de sedes próprias e vários grupos culturais sem espaços de ensaio. Julgamos ser possível aproveitar os centros comerciais de 1ª geração para servir essas coletividades e, ao mesmo tempo, servir toda a comunidade”, garantiu. 

Por fim, Rio salientou que é extremamente importante que estes espaços comerciais, muitos deles localizados em pleno centro da cidade, tenham uma vida e dinâmica totalmente diferentes. “Queremos um centro com gente, animação, diversão, etc. Estes espaços devem servir para atrair pessoas e receber eventos que impulsionem a cidade”, referiu.

“Juntos Por Braga” pretendem dar todas as condições para que Delphi continue a gerar emprego e riqueza para o concelho

No Comments »


Ricardo Rio visitou Delphi

Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, visitou a empresa Delphi, dando seguimento ao ciclo de contactos com agentes empresariais do concelho. Rui Enes, Presidente do concelho de administração da Delphi em Portugal e chefe da fábrica em Braga, acompanhou Rio nesta iniciativa, onde o candidato à Câmara Municipal reafirmou que fará do impulso à atividade económica uma prioridade para a gestão dos “Juntos Por Braga”. 

Como explicou Rui Enes, a Delphi, que tem cerca de 800 colaboradores em Braga, é uma empresa de alta tecnologia que fornece autorrádios, sistemas de navegação e antenas para automóveis. “Somos uma fábrica direcionada para a indústria automóvel e com altos níveis de qualidade e performance, de acordo com o que é exigido para se ser fornecedor desta indústria”, salientou, sublinhando que a empresa produz também plásticos para seu próprio consumo. 

Para Rui Enes, cabe à autarquia o papel de facilitar as condições para as empresas poderem “estar bem”. Nesse sentido, o administrador gostava de ver resolvidos os problemas com as cheias, que em 2011 afetaram este complexo industrial. “Estamos a acompanhar de perto esta situação para que esta não se repita no futuro, e seria importante a colaboração da Câmara Municipal neste aspeto”, referiu, indicando também o excesso de burocracia com os licenciamentos como algo a melhorar: “Ainda recentemente, com a introdução da fábrica de plásticos, tivemos muitas dificuldades com o licenciamento. Essas situações deverão ser de resolução muito mais célere”. 

De acordo com Ricardo Rio, a situação das cheias é decorrente do desleixo com que a autarquia tem sucessivamente tratado o Rio Este e as questões ambientais. “As cheias que afetaram este complexo são consequência da total falta de respeito ambiental da autarquia. É um problema que merecerá a nossa imediata atenção”, referiu, declarando ainda que a autarquia tem de funcionar como parceiro e não um obstáculo ao crescimento empresarial. 

Rui Enes garantiu ainda que a empresa tem plena consciência do papel seu social no concelho, decorrente do elevado número de pessoas que emprega. “A Delphi garante todas as condições de trabalho e bem-estar aos seus empregados. Assim sendo, celebramos a nossa semana de excelência, fazemos dádivas de sangue, ajudamos várias entidades, na medida do possível, e proporcionamos situações de ajuda e pessoas com mais necessidades”, afirmou, sublinhando que é intenção da empresa trazer cada vez mais produtos para Braga e fazer crescer a atividade no complexo. 

A finalizar, Rio mostrou-se extremamente agradado com o facto de estar ser uma empresa que produz produtos de elevada qualidade e onde os seus colaboradores têm orgulho em trabalhar. “No próximo ciclo de gestão autárquica, podem contar com o nosso total apoio e empenho para que a Delphi e todo este complexo gerem cada vez mais emprego e riqueza para a região”, concluiu.

Regulação da actividade foi assumida pelos taxistas como essencial para desenvolvimento do sector

No Comments »

Ricardo Rio reuniu com taxistas do concelho


Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, reuniu com elementos da associação Antral e da central Andique, que representa cerca de 80% dos táxis da cidade de Braga. Esta iniciativa foi precedida por uma volta de táxi por algumas zonas do concelho, tendo os taxistas mostrada ao candidato à Câmara Municipal um conjunto de situações que prejudicam o seu trabalho. Na ocasião, os taxistas pediram alguns ajustes e medidas que lhes permita melhorar o serviço prestado pelo sector e que consideram serem benéficas para toda a população.

A regulação urgente do setor foi assumida como a principal preocupação dos taxistas de Braga. “Não se pode fechar os olhos à situação dos táxis que vêm de outros concelhos e nos ´invadem´ de forma totalmente irregular, deturpando os reais valores a ser cobrados aos clientes sem qualquer ética ou sentido de responsabilidade. Estes casos criam ideias completamente erradas relativamente ao sector e fazem-nos perder imensos clientes”, asseguraram, especificando que não pretendem introduzir uma lógica ´proteccionista´, mas apenas uma regulação do setor que torne Braga um exemplo.

De acordo com Ricardo Rio, é essencial que essas irregularidades sejam detectadas e punidas, para que quem trabalha de forma comprometida e dedicada não seja prejudicado por este tipo de situações. “Estaremos atentas e iremos atuar para que os taxistas que pugnam pela ética e sentido de dever possam exercer a sua atividade sabendo que não sofrerão as consequências dos actos incorrectos de outros”, adiantou.

As recentes obras na Avenida Central e Rua dos Chãos foram outro dos pontos focados pelos representantes dos taxistas, que levaram a uma desvalorização a presença dos táxis. “Com estas alterações ficamos sem visibilidade, enfraquecemos a melhor e mais central postura de táxis da cidade e o estacionamento reservado aos táxis é por diversas vezes utilizado por clientes do Banco de Portugal, impossibilitando o nosso estacionamento”, sublinharam.

Sobre este assunto, Rio lamentou que os taxistas não tenham sido chamados a se pronunciar em relação às obras, levando a que estas situações aconteçam. “É a prova de que a falta de diálogo provoca problemas que seriam de muito fácil resolução. Da nossa parte, tentaremos minimizar estes problemas e fica a garantia de que, em qualquer intervenção que envolva também os táxis, as vossas opiniões e sugestões serão ouvidas”, garantiu.

A existência de locais onde as pessoas se possam abrigar enquanto esperam por um táxi é também, segundo os taxistas, muito importante para angariarem clientes. “Existem poucas condições para se aguardar por um táxi, desincentivando os cidadãos de recorreram aos nossos serviços. Esta seria uma solução para essa dificuldade”, referiram, afirmando que seria do interesse de ambas as partes explorar o potencial de publicidade dos táxis: “Possuímos LCD´s e tablets no interior dos táxis que poderiam ser de enorme utilidade para publicitar actividades da autarquia. Era uma forma de todos sairmos a ganhar”.

O líder dos “Juntos Por Braga” registou com enorme apreço o facto de actualmente os táxis terem tido uma enorme modernização e os taxistas estarem mais preparados para receberem turistas, dominando várias línguas estrangeiras. “Como já afirmamos, o turismo será uma das nossas prioridades, pelo que contamos com um serviço de táxis que esteja preparado para receber e prestar um serviço completo a quem nos visita”, disse.

Por fim, os representes dos taxistas enfatizaram que este é um sector que deve ser trabalhado de forma totalmente isenta e com seriedade. “Pretendemos apenas o melhor para o sector, para os clientes e para a nossa maravilhosa cidade. Temos a certeza absoluta que juntos vamos fazer um óptimo trabalho”, confirmaram.

Maior proximidade com Universidade do Minho será prioridade para os “Juntos Por Braga”

No Comments »




Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, almoçou com docentes, investigadores e representantes de núcleos de estudantes e núcleos culturais da Universidade do Minho (UM). Esta iniciativa foi uma forma de o candidato à Câmara Municipal reafirmar que pretende trabalhar de forma bastante intensa o estreitamento de relações com a UM, que considera ser a instituição que mais tem contribuído para o desenvolvimento e crescimento do concelho.

Rio assegurou que uma das linhas de actuação que tem previsto para os primeiros cem dias de mandato passa pela criação de um já há muito anunciado pelouro de ligação à Universidade, assim como pela promoção de reuniões com vista à definição dos mecanismos de articulação contínua com as instituições de Ensino Superior do concelho. “É fundamental que Braga saiba tirar partido do conhecimento produzido nas Universidades em áreas tão diversas como a cultura, o apoio à actividade económica ou os incentivos ao empreendedorismo”, sublinhou, salientando que actualmente se assiste a um “divórcio” entre autarquia e UM que prejudica ambas as partes e, acima de tudo, o concelho: “Não faz qualquer sentido que estas duas instituições estejam de costas voltadas. É nossa intenção inverter esta política assim que assumirmos a gestão do executivo municipal”.

De acordo com o líder dos “Juntos Por Braga”, sempre que assim se justifique, é essencial que as opções de gestão se sustentem em validações técnicas de especialistas das Universidades. “É preciso aproveitar o que de melhor temos em Braga, que reúne nas suas universidades especialistas em diversas áreas que podem ser de extrema utilidade. Ao contrário do que tem sido feito pela maioria socialista, vamos consultar as Universidades antes de tomarmos determinadas opções, de forma a sustentarmos as decisões e evitarmos que aconteçam erros”, disse, manifestando a sua certeza de que se esta fosse a prática corrente da autarquia, poderiam ter sido evitadas muitas opções que se revelaram “danosas e até ruinosas”.

Durante o almoço, os muitos elementos da UM que estiverem presentes nesta iniciativa garantiram a sua total disponibilidade para elaborar projectos conjuntos com a Câmara Municipal. “É com muito agrado que registo a enorme receptividade para desenvolvermos esta relação, que considero que deve ser a melhor e a mais cúmplice possível, até devido à influência que a UM possui na definição de soluções para o futuro desta região e comunidade”, adiantou Rio.

Por fim, Ricardo Rio destacou ainda que pretende que os estudantes da UM estejam mais integrados na vida da cidade. “Existe uma barreira, física e psicológica, entre a cidade e a UM, que é a Avenida Júlio Fragata, que ´corta´ a Rua Nova de Santa Cruz e levou ao isolamento da zona universitária. É fundamental uma intervenção nesta zona para voltar a unir estas duas partes, num trabalho que deve ser complementado com a criação de uma dinâmica e animação no centro que cative os estudantes e os faça ter motivos para lá se deslocarem”, destacou.

Ricardo Rio reuniu com direção da FAP de Braga

No Comments »

“Juntos Por Braga” pretendem uma escola mais inclusiva e onde todos tenham direito a uma formação de excelente qualidade


Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, reuniu com elementos da direcção da Federação das Associações de Pais do concelho de Braga (FAP Braga), que entregaram ao candidato à Câmara Municipal um dossiê com um conjunto de medidas que consideram fundamentais que sejam concretizadas pela autarquia para melhorar a qualidade do ensino.

A existência de um banco de livros escolares para troca, centralizados no 2º e 3º ciclos, e a oferta de livros escolares aos alunos do 1º ciclo foram apontadas como formas importantes de aliviar os orçamentos das famílias e garantir que todas as crianças e jovens têm à sua disposição o material necessário para obterem sucesso escolar. “Estas são medidas há muito defendidas pelos ´Juntos Por Braga´ e que, nos tempos de dificuldades que o país atravessa, permitiriam poupanças muito relevantes nos orçamentos familiares. Infelizmente, este não é o pensamento do actual executivo municipal, que inclusivamente chumbou a nossa proposta de oferta generalizada de livros às crianças do 1º ciclo”, lamentou Ricardo Rio, garantindo que a área social será uma prioridade da sua governação.

Por outro lado, os membros da FAP Braga pediram a melhoria do transporte escolar dos alunos para todas as escolas, com mais horários disponíveis nos transportes públicos e condições de segurança no transporte de crianças. Para Rio, esta é uma vertente que se insere na necessidade de se adaptar os transportes às verdadeiras necessidades da população. “Queremos um serviço de transportes que garanta que todos os alunos estão bem servidos e dispõem de boas condições para chegarem à sua escola e regressarem a casa em completa segurança, deixando os encarregados de educação tranquilos”, assegurou.

Segundo a FAP Braga, é ainda preciso a autarquia ter uma atenção especial às crianças com necessidades especiais e melhorar o serviço de Componente de Apoio à Família, sobretudo com o alargamento de horários. Estas são respostas sociais a que Rio disse estar particularmente atento. “Queremos uma escola inclusiva e para todos, que esteja ao serviço da comunidade e que auxilie as famílias quando estas precisam. Nesse sentido, trabalharemos para que as crianças tenham o acompanhamento necessário e adequado às suas necessidades”, afirmou.

Rio destacou também o projecto de promoção da certificação da qualidade das escolas, que acredita ser um caminho importante para garantir que em todos os estabelecimentos de ensino se verificam as condições mínimas de funcionamento e valorização dos projectos educativos. Já sobre as actividades de enriquecimento curricular (AEC), o líder dos “Juntos Por Braga” relembrou o compromisso de assegurar as áreas que são cruciais, como o inglês, e alargar o âmbito de cobertura das AEC com a introdução de componentes como a história e cultura de Braga, que pretende promover dentro da comunidade educativa e em ligação com a rede de IPSS´s que dispõem de ATL.

A direcção da FAP Braga apontou ainda a necessidade de maior fiscalização periódica ao serviço de refeições fornecida nas escolas, a correta avaliação e priorização da requalificação do parque escolar e o reforço e valorização do Conselho Municipal de Educação como medidas que devem ser rapidamente implementadas.

A finalizar, Rio sublinhou que estas são propostas prementes e que irão merecer atenção por parte dos ´Juntos Por Braga´ assim que assumirem a liderança do executivo municipal. “O ensino é uma área essencial e que, independentemente dos vários problemas que o concelho e o país estejam a atravessar, não pode nunca ser descurada. É através da qualidade de formação dos jovens e crianças que começamos a garantir um amanhã melhor, e no próximo ciclo autárquico podem contar com uma muito maior intervenção neste sector”, enfatizou, adiantando que a sua equipa irá trabalhar para que a educação no concelho seja cada vez mais inclusiva e todos possam ter direito a uma formação de excelente qualidade, que forme pessoas com valores e que lhes forneça as bases para escolherem o seu futuro.

Paróquia de S. Victor desenvolve trabalho social notável e que merece ser acarinhado

No Comments »

Ricardo Rio e Ricardo Silva reuniram com Paróquia de S. Victor


Ricardo Rio e Ricardo Silva, candidatos dos “Juntos Por Braga” à Presidência da Câmara Municipal de Braga e da Junta de Freguesia de S. Victor, reuniram com a paróquia de S. Victor, numa iniciativa onde estiveram presentes os párocos e elementos do conselho económico.

Sérgio Torres, um dos párocos de S. Victor, salientou que actualmente a principal preocupação da paróquia passa pela dimensão socio-caritativa, tentando a instituição dar o máximo de apoio possível às pessoas mais carenciadas. “Esse auxílio é feito através do nosso Centro Social – que possui as valências de Apoio Domiciliário, Creche e ATL – e da Conferencia Vicentina, que todas as semanas procede à entrega de alimentos. No próximo ano, queremos também introduzir uma equipa de visitadores de doentes a casa que estão sozinhos ou desacompanhados”, afirmou, sublinhando que a nível de infraestruturas, para além da necessidade de manutenção da igreja de S. Victor, a paróquia tem um projecto para construção de um novo Centro Social que permita aos seus utentes desfrutar de melhores condições: “Já temos um terreno na Quinta da Armada destinado a este projecto, faltando apenas viabilidade financeira para avançarmos”.

Nesse sentido, Ricardo Rio elogiou o “fantástico” trabalho social que esta paróquia tem vindo a desenvolver, numa freguesia com muitos habitantes e onde é importante que existam cada vez mais respostas de proximidade aos mais necessitados. “Iremos colaborar com a paróquia em tudo o que nos for possível para que o projecto do novo Centro seja em breve uma realidade, contribuindo assim para o aumento do bem-estar e qualidade de vida desta comunidade”, garantiu, notando que as actuais instalações têm lacunas evidentes e reafirmando que pretende estabelecer uma relação de muito maior cooperação entre a autarquia e as IPSS´s do concelho.

Por outro lado, Sérgio Torres destacou que estas visitas são importantes para se poderem articular interesses e projectos entre os organismos públicos e a paróquia que representa. “É com toda a alegria que recebemos esta candidatura, porque sabemos que estão a trabalhar para o bem de toda a comunidade. Temos o nosso campo de acção, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia o seu, mas é perfeitamente possível e desejável estabelecer e manter sinergias que permitam que cada um possa, no seu âmbito, estar ao serviço do interesse das populações, gerando mais-valias para as mesmas”, afirmou, lembrando que a paróquia de S. Victor tem já um historial de 12 anos de ligação com a Junta de Freguesia.

Ricardo Silva garantiu que, se liderar o próximo executivo da Junta de S. Victor, continuará a trabalhar sempre em parceria e estreita colaboração com a paróquia. “Como presentemente sucede, iremos manter uma relação de total transparência e cooperação com a paróquia, que reconhecidamente desenvolve um trabalho de acção social bastante importante e que é preciso apoiar e estimular”, afirmou, destacando que é precisamente dessa colaboração que nascem os melhores projectos.

O candidato à Junta de S. Victor assegurou ainda que o apoio social abrange franjas da população que merecem todo o respeito por parte da Junta, razão pela qual é essencial que este continue a ser um trabalho intenso mas discreto. “Como se fez nos últimos 12 anos, estaremos no terreno, junto das pessoas que mais precisam e merecem, num trabalho de proximidade que queremos que seja eficaz mas reservado. Os victorianos podem contar com uma Junta de portas abertas”, concluiu.

“Uma onda de mudança está a atravessar o concelho e estas iniciativas foram a melhor prova disso”

No Comments »

Ricardo Rio recebido em ambiente de apoteose em diversas freguesias


Durante s últimos dias, Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, percorreu várias freguesias do concelho, onde esteve presente em acções de campanha que ficaram marcadas pelo ambiente de grande festa, entusiasmo e boa disposição, mas sobretudo pela adesão maciça das populações, que mostraram de forma inequívoca que a mudança em Braga está muito perto de se concretizar. Desde Maximinos, Merelim S. Pedro e Frossos, Navarra, passando por Real e Gualtar, foram diversas as freguesias onde as pessoas quiseram expressar o seu apoio à candidatura dos “Juntos Por Braga”.

“Há uma verdadeira onda de mudança que está a atravessar todo o concelho, e a forma como decorreram todas estas iniciativas foi a melhor prova disso mesmo”, salienta o candidato à Presidência da Câmara Municipal, garantindo que este é o tempo de escolher “o melhor” para Braga: “Este é momento de Braga enveredar definitivamente no rumo do progresso e do desenvolvimento, deixando para trás as políticas ruinosas e despesistas da maioria socialista e os actores políticos que já deram provas de nada de bom trazerem ao concelho”.

Ricardo Rio enaltece ainda o trabalho de todos os autarcas dos “Juntos Por Braga”, que com o seu empenho e dedicação, têm feito um trabalho de enorme valor em prol do bem-estar das suas comunidades. “Em todas as freguesias reunimos elementos que conjugam experiência, juventude, dinamismo, energia e sobretudo muita vontade de fazerem tudo o que estiver ao seu alcance pelo aumento da qualidade de vida das suas gentes”, afirma, destacando que é devido a esse trabalho, na liderança das Junta de Freguesia ou na oposição, que muitas freguesias estão mais desenvolvidas e as suas populações melhor servidas: “As recepções calorosas de que fomos alvo foram a melhor prova de que o vosso esforço é reconhecido e valorizado”.

Apesar do evidente entusiasmo e da cada vez mais visível onda de apoio à candidatura dos “Juntos Por Braga”, que abrange pessoas de todos os partidos políticos e sectores da sociedade, Ricardo Rio lembra que é essencial continuar com o mesmo dinamismo até ao dia 29 de Setembro. “ Estamos na reta final de um longo percurso, que vai exigir muito de todos nós. Se queremos que a mudança aconteça, é preciso continuar com o mesmo dinamismo e votar na única candidatura que garante a mudança em Braga, a dos ´Juntos Por Braga´”, garante.

Angelina Rodrigues foi anfitriã em Festa Popular de Vimieiro

No Comments »

Ricardo Rio recebido em ambiente de enorme festa


Angelina Rodrigues, candidata da coligação “Juntos por Braga” à União das Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro foi anfitriã de uma “Festa Popular” na freguesia de Vimieiro, que contou também com a presença de Ricardo Rio, candidato à Presidência da Câmara Municipal de Braga. Para este evento foram convidadas todas as pessoas da Freguesia de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, com o objectivo de proporcionar um momento de convívio e partilha.

Na ocasião, Ricardo Rio foi recebido em ambiente de enorme festa e apelou a que todos sejam agentes de mudança e que, nestes últimos dias de campanha, sejam ainda capazes de mobilizar tudo e todos para o ato eleitoral a realizar no próximo dia 29 de Setembro, na certeza de que temos um papel fundamental nesta viragem que se pretende para o nosso concelho e para as nossas freguesias. “Este é um tempo novo para Braga, e nós somos o melhor para Braga. É preciso trabalhar arduamente nesta recta final para que a mudança realmente aconteça e se possa devolver Braga aos Bracarenses”, sublinhou.

Por seu turno, Angelina Rodrigues salientou que um dos pontos do seu programa é a concretização de um calendário cultural diverso e que vá ao encontro das preferências da população, pelo que estes eventos serão para continuar com regularidade e não apenas em tempo de campanha eleitoral. “Queremos que estas três freguesias tenham uma dinâmica cultural bem maior, e acreditamos que a Junta de Freguesia, em articulação com várias colectividades, pode efectuar um excelente trabalho nesse sentido”, adiantou.

Carlos Oliveira, ex-Secretário de Estado, apoia Ricardo Rio

No Comments »



Carlos Oliveira, empreendedor e antigo Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, manifestou o seu apoio à candidatura de Ricardo Rio à Presidência da Câmara Municipal de Braga.

Segundo o ex-Secretário de Estado, Braga necessita de um novo ciclo que traga uma lufada de ar fresco, novas ideias e uma visão de futuro. Como cidadão independente e empresário, Carlos Oliveira vê em Ricardo Rio e na sua equipa uma oportunidade de mudança em prol de um concelho que poste no emprego, na economia e inovação, na cultura e na coesão social.

Comunicado

No Comments »



Exmos. Senhores,

A Coligação “Juntos Por Braga” condena os sucessivos actos de vandalismo de que tem sido alvo o seu material de campanha em diversas freguesias do concelho. Desejamos que o processo democrático até às próximas eleições autárquicas decorra dentro do respeito máximo pelos princípios de um estado livre e lamentamos que se continue a fazer da intimidação uma arma.

A Coligação “Juntos Por Braga” considera a liberdade e o respeito pela diferença valores fundamentais e que devem ser salvaguardados, e nesse sentido continuaremos a manter uma postura de elevação perante estas manifestações de puro desespero e de desrespeito pelas normas democráticas.

Estas situações de vandalismo são intoleráveis num estado democrático. Iremos seguir o nosso caminho com força e determinação, num movimento de mudança que abrange cada vez mais Bracarenses na procura de um concelho muito melhor, ignorando estes tristes actos de vandalismo. Da nossa parte, encaramos a política como uma actividade nobre e estaremos sempre ao serviço das populações.


“Braga merece o melhor, e o melhor é a equipa dos Juntos Por Braga”

No Comments »


Comício na Avenida Central juntou milhares de pessoas


Milhares de pessoas estiveram presentes no comício dos “Juntos Por Braga” na Avenida Central, manifestando o seu apoio à candidatura liderada por Ricardo Rio, num comício que se iniciou com o Grupo Folclórico Infantil e Juvenil do Carreiro e que fechou com a música de Quim Barreiros.

Na ocasião, Ricardo Rio salientou que os “Juntos Por Braga” sempre mantiveram uma postura construtiva e responsável, primando por “fazendo acontecer” mesmo sem estar no poder. “Fizemos acontecer com várias propostas em muitas áreas, que foram chumbadas numa fase inicial e mais tarde recuperadas e apresentadas como propostas do executivo socialista. Trouxemos para discussão pública prioridades questões como o ambiente, as Sete Fontes ou o património, áreas esquecidas ao longo do tempo e que por via do nosso trabalho e intervenção são agora supostas bandeiras de quem se apresenta a votos”, sublinhou, enfatizando que tem um “orgulho enorme” do trabalho que efectuou enquanto vereador da oposição.

Nesse sentido, o líder dos “Juntos Por Braga” criticou a postura de Vítor Sousa, que afirmou não estar disponível para assumir o cargo de vereador no executivo municipal se perder as próximas eleições. “Mas é uma decisão que compreendo, porque enquanto vereador da oposição não se podem fazer favores para os amigos, nem negociatas e nem sequer se pode obter a reforma aos 45 anos, que é o que verdadeiramente interessa à maioria socialista. Uma coisa é certa: quem não serve para vereador da oposição, também não serve para presidente”, afirmou, lamentando que estejam a usar a confiança dos eleitores apenas em benefício próprio e não em benefício de todos os Bracarenses: “Ao longo dos anos, assumi funções como vereador da Câmara e Deputado Municipal, sempre em defesa dos interesses das populações”.

Rio destacou como prioridades imediatas a revogação do alargamento dos parcómetros, a redução dos impostos municipais e das taxas às IPSS´s e a criação de uma já há muito anunciado pelouro de ligação à Universidade, terminando com o “divórcio” entre a autarquia e a instituição que mais contribui para o crescimento do concelho e a criação de um serviço municipal de apoio domiciliário, que batendo porta a porta irá identificar as carências dos idosos do concelho. “Sabemos perfeitamente o que queremos e o que Braga necessita. O nosso programa foi construído com base no diálogo e na procura de consensos, com o objectivo de melhorar Braga. Este é um programa que não é só nosso, é de todos os Bracarenses”, disse, assegurando que o seu executivo terá as portas abertas para receber todos os que o procurarem e necessitarem de ajuda.

Por outro lado, Rio garantiu que a discriminação em relação às Juntas de Freguesia praticada pelo atual executivo da Câmara Municipal irá terminar no dia 29 de Setembro. “Irei receber e tratar todos os presidentes da junta de igual modo, independentemente da sua cor política, para debater com eles os investimentos e os projectos mais prioritários para as respectivas freguesias”, assegurou.

Ricardo Rio reafirmou ainda que o reforço da competitividade económica do concelho será uma prioridade, destacando a importância de dar todas as condições aos empresários pare que estes possam desenvolver a sua actividade em Braga. “Trabalharemos no sentido de captar investimento e qualificar os parques empresariais, contribuindo assim para a criação de emprego e geração de riqueza”, acredita.

No que se refere à juventude e à actividade cultural, Rio destacou que pretende abrir o Theatro Circo à comunidade e fazer do GNRation o principal pólo agregador das actividades para os jovens. “Isto estará integrado numa lógica de uma verdadeira requalificação do centro da cidade, que não se limite a ajeitar passeios mas que contribua para trazer gente e animação para a cidade”, disse.

Por fim, o candidato à Câmara Municipal de Braga fez questão de notar que não existem vencedores antecipados nas próximas eleições. “No dia 29, começamos todos empatados, e independentemente das sondagens que nos dão vantagem, é fundamental que todos vão votar e que votam na candidatura certa, a única que garante a mudança: a dos ´Juntos Por Braga´”, destacou.

Ricardo Rio contactou com utilizadores dos TUB

No Comments »

“É essencial alargar o serviço dos TUB e introduzir preços mais acessíveis para os cidadãos carenciados”


Ricardo Rio, candidato à Presidência da Câmara Municipal, contactou directamente com utilizadores dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), viajando em vários autocarros da empresa e atravessando diferentes pontos do concelho, numa iniciativa que lhe permitiu perceber as principais preocupações e sugestões dos cidadãos. Esta foi também uma forma de Rio reafirmar a sua intenção de alargar o serviço dos TUB e de introduzir preços mais acessíveis para as pessoas carenciadas, afastando de vez as várias mentiras veiculadas de que pretende terminar com os autocarros ou com os passes sociais: “Há quem tenha interesse em espalhar estes rumores totalmente infundados, mas o nosso programa é só um e defende intransigentemente os interesses das pessoas. Os Bracarenses não se deixarão enganar e saberão reconhecer quem sempre esteve do seu lado”.

Como explicou Ricardo Rio, com os “Juntos Por Braga” os reformados e pensionistas terão direito a benefícios no acesso aos autocarros durante todo o dia, e não apenas fora dos horários de ponta. “Não faz sentido a população sénior estar restringida nos seus horários, podendo apenas usufruir do serviço em alturas de menor intensidade de passageiros. Connosco, não haverá Bracarenses de primeira e outros de segunda, pelo que poderão usufruir dos autocarros a qualquer hora, de forma a poderem circular livremente e a terem maior qualidade de vida”, assumiu.

Outra das medidas que o líder dos “Juntos Por Braga” irá introduzir quando liderar o executivo municipal será a de garantir que os todos os cidadãos terão acesso gratuito aos transportes públicos nos 6 meses subsequentes à entrada no desemprego. “Pretendemos criar condições para que os desempregados tenham mobilidade e possam ter mais meios para procurar emprego, mostrando-lhes também que a autarquia está ao seu lado para os apoiar”, sublinhou, enfatizando que esta foi uma medida já apresentada pelos “Juntos Por Braga”, mas que foi chumbada pelo executivo socialista: “Este chumbo é bem representativo de quem realmente se preocupa com os problemas sociais das pessoas”.

Ricardo Rio assegurou também que os jovens em idade escolar manterão todas as regalias actuais no acesso aos transportes públicos. Por fim, afiançou que a rede de transportes públicos terá os seus percursos reforçados e a sua frequência e horários de acordo com as reais necessidades da população, sobretudo no que se refere às freguesias mais afastadas do centro. “Este é um serviço essencial para as pessoas e que tem de ser prestado da forma mais eficaz possível. São várias as queixas que temos ouvido em relação aos TUB, criticas essas intensificadas após a reestruturação da rede, pelo que esta será uma área que teremos obrigatoriamente de melhorar”, confirmou, destacando a importância de intensificar a ligação à Universidade e às residências universitárias em períodos nocturnos e durante o fim de semana.

Esta iniciativa ficou ainda marcada pela forma calorosa como Rio foi recebido pelas diversas pessoas com quem contactou, que expressaram a sua vontade em que a mudança aconteça no próximo dia 29 de Setembro.

João Pires apresentou candidatura a S. Lázaro e S. João do Souto

No Comments »

“É fundamental trazer gente e revitalizar o comércio no centro da cidade” 

João Pires apresentou publicamente a candidatura à União de Freguesias de S. Lázaro e S. João de Souto, liderando a equipa dos “Juntos Por Braga”. A iniciativa realizou-se no auditório do Hotel Mercure, que foi pequeno para acolher os vários apoiantes que lotaram o espaço e fizeram questão de dar o seu apoio e incentivo a João Pires e aos elementos da sua equipa. 

Na ocasião, João Pires salientou que esta é altura de estar atento às novas realidades do país e aperfeiçoar o programa de ação que tem desenvolvido em S. Lázaro, estendendo-o agora a S. João do Souto. “Vamos trabalhar no sentido de garantir a melhoria das condições de vida das populações, investindo sobretudo nas áreas da ação social, da reabilitação do espaço urbano, da educação e ambiente, da cultura e património, do apoio à infância e da juventude e desporto”, salientou, sublinhando que todos os elementos da sua equipa sentem os “problemas, as angústias e o sofrimento do seu semelhante”. “Estaremos sempre disponíveis para ouvir, auscultar, dialogar e agir em conformidade, colocando o bem-estar das comunidades em primeiro plano”. 

João Pires afirmou também que pretende investir na reestruturação dos serviços e adoção dos métodos necessários para melhorar os processos de atendimento dos cidadãos, com novos serviços que terão a qualidade como palavra-chave. “Queremos que os cidadãos tenham um atendimento rápido, próximo e eficaz, de forma a sentirem cada vez mais a Junta como um órgão amigo e disposto a resolver os seus problemas”, garantiu. 

O atual Presidente da Junta de S. Lázaro lamentou que, durante todos estes anos, a autarquia nunca tenha dado à freguesia uma sede condigna, onde a Junta possa desenvolver a sua atividade com melhores condições. “Se é verdade que na atual sede já fazemos muito, mas muito mais faríamos se as instalações assim o permitissem”, afirmou. João Pires refirmou ainda o compromisso de trabalhar de modo generoso e dedicado, enfrentando os desafios com determinação e contribuindo para a credibilização dos órgãos autárquicos. 

Por seu turno, Ricardo Rio assegurou que será prioridade da próxima gestão autárquica, que irá liderar, trazer pessoas e “injetar sangue novo” no centro da cidade. “Por falta de atratividade desta zona, fruto de um desastrado ordenamento urbanístico e do abandono de espaços, estas são freguesias onde as pessoas e o comércio estão a desaparecer e a definhar. Vamos inverter essa tendência e dar outra vida à cidade”, declarou. 

Segundo o líder dos “Juntos Por Braga”, é essencial deixar de lado o betão e criar condições para que o Parque da Ponte e do Picoto sejam verdadeiros espaços de lazer e preservação ambiental; revitalizar a zona dos galos e dar condições de segurança e qualidade de vida aos moradores de bairros que cresceram de forma desordenada, como é o caso do Fujacal. “Iremos, acima de tudo, dar animação a todo o centro para termos uma cidade mais viva, atrativa e respeitadora da sua história”. 

Por fim, Rio criticou o “esquecimento” a que a autarquia votou as duas freguesias, devido ao facto de serem lideradas por executivos dos “Juntos Por Braga”. “S. Lázaro e S. João do Souto fizeram o seu caminho sem qualquer colaboração da entidade que deveria ser o seu parceiro natural, a Câmara Municipal. Mas como em tantas outras freguesias do centro, o que se assistiu foi a uma dinâmica social e cultural melhor do que a promovida pela autarquia”, afirmou, notando que com muito menos meios e condições, os autarcas dos “Juntos Por Braga” têm feito um trabalho melhor e que trz inúmeros benefícios para a população.

Concretização de centro de lançamentos ´Braga dos Anjos´ é fundamental para colmatar lacuna do atletismo no concelho

No Comments »

Ricardo Rio reuniu com Associação de Atletismo de Braga

Ricardo Rio, candidato à presidência da Câmara Municipal, reuniu com a direção da Associação de Atletismo de Braga, numa iniciativa em que se apontaram caminhos para a melhoria das condições para a prática da modalidade no concelho. Sameiro Araújo, candidata a vereadora pelos “Juntos Por Braga” e uma das maiores conhecedoras de atletismo a nível nacional, acompanhou Rio nesta visita.

Na ocasião, Silvino Granja apontou a falta de um centro de lançamentos como uma das maiores lacunas do atletismo em Braga. “Temos um projeto para a construção de um centro de lançamentos, onde os atletas possam efetuar lançamentos de martelo e peso, que gostávamos muito de ver realizado em breve. Esse centro, que se poderia localizar num terreno livre junto ao Parque de Exposições, seria batizado de ´Braga dos Anjos´, em homenagem a uma das pessoas que mais lutou pelo desenvolvimento do atletismo”, salientou, sublinhando que atualmente os atletas têm de se deslocar até Guimarães para treinar os lançamentos longos. 

Para Ricardo Rio, é fundamental garantir que existem condições em Braga para a prática das várias vertentes do atletismo. “Somos um concelho com grande tradição nesta modalidade, e é preciso garantir que os nossos atletas dispõem de infraestruturas capazes para dar resposta às suas necessidades de treino. Faremos o que estiver ao nosso alcance para que o centro de lançamentos ´Braga dos Anjos´ seja uma realidade”, garantiu. 

Outra das preocupações do Presidente da AA Braga está relacionada com a pista coberta – Grande Nave, no Parque de Exposições -, cujas condições climatéricas “deixam muito a desejar”, o que dificulta os treinos dos atletas e leva a que se realizem poucas provas nacionais nesse recinto. “É um local extremamente frio durante o Inverno, o que propicia o aparecimento de lesões e desmotiva os próprios atletas, que só com uma grande força de vontade e amor à modalidade se sujeitam a treinar e competir nessas condições. É um espaço que, se fosse requalificado, atrairia mais jovens e permitiria a realização de mais eventos em Braga”, afirmou. 

Relativamente ao Estádio 1º de Maio, Silvino Granja enfatizou que, com a aquisição de novo equipamento e com autorização para se efetuarem lançamentos longos para a relva, também este espaço ficaria habilitado a receber mais provas nacionais. Segundo o Presidente da associação, se Braga se quiser afirmar como uma cidade amiga do desporto e eclética, estas são falhas que precisam de ter resposta rápida. “Se não houver um apoio mais eficiente, não é possível termos um atletismo de proximidade com a população que garanta à juventude a prática de um desporto. Não pedimos muito, mas é preciso algum apoio, que de momento não é dado”, disse, 

Também Sameiro Araújo se mostrou preocupada com o futuro do atletismo em Braga. “É fundamental termos mais atletas e mais clubes a praticar a modalidade. Mas para que isso suceda é necessário um impulso a este nível, dando condições de treino aos jovens e apoios aos clubes para estes apostarem no atletismo e não apenas no futebol, sendo que o atletismo tem a vantagem de ser um desporto barato e muito saudável”, apontou, sendo que Ricardo Rio reafirmou ainda que pretende alargar a ajuda financeira da autarquia às inscrições dos atletas a todas as modalidades e implementar no concelho o Programa Municipal de Marcha e Corrida.

ABRA deve dispor de todas as condições para aceder ao canil e contribuir para o bem-estar dos animais

No Comments »

Ricardo Rio visitou canil municipal e reuniu com ABRA

Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, visitou o canil municipal e reuniu com a direção da Associação Bracarense dos Amigos dos Animais (ABRA), que tem como objetivos primordiais minimizar o sofrimento dos animais que se encontram no canil de Braga e dignificar a sua vida. 

Como salientou Anabela Veloso, vice-presidente da associação, a ABRA, fundada em 2005, garante que os animais têm comida, água, agasalho e cuidados veterinários, quando tal se justifica. “Fazemos ainda a divulgação dos animais que vierem ter ao canil de abate para que possam ser adotados e tenham uma segunda oportunidade. Usamos de todos os meios ao nosso alcance para lhes arranjar um novo dono e evitar o destino fatal”, assumiu, sublinhando que os cerca de 50 voluntários da associação estão todos os dias no canil para tratar dos animais: “Estamos presentes todos os dias, seja em feriados, fins de semana, ou no Natal e na Páscoa, sempre em regime de voluntariado. Não há dia em que falhemos e é com este esforço que garantimos o bem-estar dos animais”. 

Em 2011, a AGERE revogou o protocolo com a ABRA, impedindo inclusivamente os elementos da associação de frequentarem o canil durante o mês de Agosto. Apesar de a proibição ter sido levantada, o protocolo continua a não existir, sendo esta uma situação que Anabela Velosa gostava de ver resolvida o quanto antes. “A inexistência de um protocolo com a AGERE constitui um problema, até porque estou certa de que sem a intervenção da ABRA seria totalmente impossível os animais terem o tratamento que merecem”, afirmou, acreditando que a existência desse protocolo é o mínimo exigível: “Mas enquanto isso não é possível, fazemos o nosso trabalho e engolimos alguns sapos, com a consciência de que o principal é o bem-estar dos animais e o restante fica para segundo plano”. 

Para Ricardo Rio, esta é uma situação que deve ficar resolvida o mais rapidamente possível. “Respeitamos imenso o trabalho da ABRA e queremos que disponham de todas as condições para fazerem aquilo que melhor sabem, que é tratar dos animais. São uma ajuda preciosa para o município nesta área e, na próxima gestão autárquica, irão contar com um apoio bem maior por parte dos ´Juntos Por Braga´ à vossa atividade”, garantiu, notando ainda que esse protocolo pode ir mais longe e envolver uma ajuda financeira à associação pelos serviços que presta. 

A falta de espaço no canil foi outra das principais preocupações expressas por Anabela Veloso. “O espaço é pequeno para o número de animais abandonados do concelho. Com a crise e a emigração, temos notado um crescimento acentuado do número de animais abandonados e é preciso dar resposta a essa situação”, enfatizou, apontando também várias deficiências no gatil: “Os gatos estão todos os dias em boxes muito pequenas, já que não existem espaços fechados ao ar livre e se os soltarmos eles fogem. Para mais, estão muito perto dos cães e em constante sobressalto com o seu ladrar, que os assusta imenso”. 

Sobre esse assunto, Ricardo Rio afirmou que procurará dotar o espaço de melhores infraestruturas e que não irá esquecer os direitos dos animais. “Queremos ser um concelho que prime pelos princípios da solidariedade e da compaixão, onde os animais são respeitados e tidos em conta”, assumiu, apontando também a realização de ações de sensibilização para estas matérias como essencial. 

Por fim, o líder dos “Juntos Por Braga” fez questão de deixar palavras elogiosas em relação ao trabalho “verdadeiramente notável e exemplar” da ABRA na defesa dos direitos dos animais. “É de louvar o empenho e dedicação dos seus elementos, que abdicam do seu tempo livre para, com enorme espirito de sacrifício, demonstrar todos os dias o seu afeto e amor pelos cães e gatos que vêm parar a este local”, notou, garantindo que é devido à dinâmica da ABRA que muitos animais conseguiram e conseguem ter uma vida longa e digna.

É fundamental alargar capacidade das respostas sociais para a terceira idade no concelho

No Comments »



Ricardo Rio visitou “Centro Social e Paroquial de Aveleda”


Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, visitou o Centro Social e Paroquial de Santa Maria de Aveleda. Esta iniciativa teve como propósito perceber as necessidades da instituição e as carências sociais da freguesia, assim como assumir o compromisso da equipa que lidera em trabalhar de forma mais próxima com a instituição. Nesta visita, Rio foi acompanhado por Angelina Rodrigues, candidata à União de freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro e foi recebido pelo Pe. Vítor Sérgio Nogueira, Presidente da Instituição.

Na ocasião, Rio e Angelina Rodrigues realçaram que esta instituição é reconhecida quer na freguesia onde se encontra sedeada, quer em toda a zona envolvente, desenvolvendo um papel fundamental na comunidade onde está inserida e dando uma ajuda social muito importante às populações. Neste contexto, o líder dos “Juntos Por Braga garantiu que a ação social, nomeadamente no que diz respeito à população mais idosa, será uma área prioritária. “Queremos promover um trabalho mais próximo e congregador com as IPSS´s do concelho, dando-lhes todas as condições para estas desenvolverem um trabalho eficaz em prol do bem-estar das populações”, afirmou. 

Como explicou o Padre Vítor Sérgio, o Centro Social e Paroquial de Aveleda está vocacionado para o trabalho com a população sénior, dispondo das valências de Lar, Apoio Domiciliário e Centro de Dia. “Apoiamos mais de 25 idosos, o que é ainda pouco face aos vários pedidos que vamos recebendo semanalmente, sobretudo para o lar. Temos a clara noção de que é na terceira idade que é mais urgente trabalhar e alargar as respostas sociais”, salientou. 


Nesse sentido, é intenção da instituição alargar o lar de forma a poder receber mais utentes. “O nosso objetivo é crescer a nível de espaço do lar, tanto devido à procura como para garantir a sua sustentabilidade financeira, mas estamos limitados pela área que existe em redor e pela dificuldade em investir na compra de terreno para concretizar o alargamento. Esse será o projeto mais urgente, mas não podemos prever quando será possível a sua realização”, sublinhou, enfatizando que a instituição tem funcionado “muito bem”: “Mudamo-nos para este edifício mais recentemente, que congrega o centro social e o paroquial no mesmo espaço. A própria envolvência, com muito espaço verde e tranquilidade, permite uma excelente qualidade de vida aos nossos utentes”. 

Por seu turno, Rio enfatizou que fará o que estiver ao seu alcance para que o centro reúna condições para avançar com o alargamento do lar. “Sabemos que, a nível concelhio, as respostas atuais não são suficientes e que é fundamental que existam mais instituições se valências para apoiar os mais carenciados. Na medida das nossas capacidades de intervenção, trabalharemos no sentido de encontrar uma solução que permita ao centro dispor dos terrenos necessários para alargar o lar”, assegurou. 

Já Angelina Rodrigues garantiu que o próximo executivo da Junta de Freguesia, que espera liderar, irá estar constantemente em diálogo com o centro social. “Podem contar com a nossa colaboração e empenho. Queremos que os idosos das três freguesias tenham cada vez mais condições de bem-estar nesta zona, usufruindo dos cuidados que merecem e de tempos de lazer lúdicos e culturais”, garantiu.

Ricardo Rio reuniu com representantes da Comunidade Africana

No Comments »

Câmara Municipal deve apoiar e estabelecer relacionamento forte com estudantes africanos 

Ricardo Rio, candidato à Câmara Municipal, reuniu com vários representantes da comunidade africana do concelho, oriundos de vários países, numa iniciativa que deu oportunidade ao líder dos “Juntos Por Braga” para debater os problemas com que esta população se defronta no seu dia-a-dia. Firmino Marques, candidato a Vice-presidente, e Ricardo Silva, candidato à Junta de Freguesia de S. Victor, estiveram também presentes nesta reunião, à qual se seguiu um momento de convívio entre todos os intervenientes. 

Como salientou Elton Cardoso, Presidente da Associação Cabo-Verdiana de Braga, são sobretudo os estudantes que mais necessitam de apoio, de forma a se sentirem integrados no concelho e a não passarem por dificuldades financeiras enquanto completam os seus estudos. “Esse foi o principal motivo que levou ao reavivar desta associação. Muitos estudantes chegavam e ficavam desamparados - não tinham ninguém para os receber, acolher ou aconselhar. Isso fez com que a comunidade se começasse a dividir, quando o importante é estarmos cada vez mais unidos”, salientou, referindo que este é um problema que afeta não só os Cabo-Verdianos, mas a comunidade africana em geral. 

De acordo com Ricardo Rio, a Câmara Municipal deve estar atenta à situação dos muitos estudantes africanos que todos os anos chegam ao concelho. “É preciso que estes se sintam bem-recebidos e integrados, no respeito pelo princípio da igualdade de oportunidades e assegurando que os que atravessam situações precárias recebem maior atenção e apoio para garantir a sua estabilidade”, afirmou, assegurando que se deve aproveitar a presença africana para se desenvolverem momentos enriquecedores de partilha cultural: “Queremos desenvolver um relacionamento forte com os estudantes africanos, aproveitando a sua presença para potenciar o concelho e o intercâmbio cultural, dando oportunidades de se promoverem as tradições de cada povo e encontrando a unidade na diferença”. 

No que se refere ao emprego, Elton Cardoso assumiu a vontade de criar um Gabinete de Inserção Profissional capaz de ajudar as famílias que são afetadas pela crise que o país atravessa. “Na medida do possível e dos nossos meios, queremos ter um projeto que apoie essas famílias, sendo que também auxiliamos pessoas que precisam de géneros alimentícios ou roupas para lhes darmos dignidade e condições de vida”, afirmou, sublinhando que a associação luta ainda para que todos os cabo-verdianos estejam no país em situação legal: “É fundamental que tudo esteja dentro da conformidade e que não existam problemas com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras”. 

Por seu turno, Firmino Marques mostrou-se certo de que, com os ”Juntos Por Braga” na liderança da autarquia, a colaboração “incansável e constante” de há longos anos da Junta de Freguesia de S. Victor com esta comunidade se irá estender à Câmara Municipal. “Vamos aprofundar o relacionamento com a comunidade e ser parceiros a tempo inteiro. Podem contar connosco sempre que necessitarem de ajuda, desde os casos simples às situações mais complexas”, afiançou, declarando que ao longo dos anos aprendeu a “gostar mais de África”. 

Já Ricardo Silva afirmou que, com a sua liderança, a Junta de S. Victor irá dar seguimento ao apoio que tem prestado a esta população, se possível intensificando-o. “Encontrarão sempre na junta um ambiente acolhedor, muito claro e amizade”, disse, notando que S. Victor é uma freguesia amiga e integradora, que pretende dar mais espaço à expressão das culturas e tradições africanas. 

Por fim, Elton Cardoso deixou um agradecimento a Firmino Marques por todo o trabalho de diálogo e proximidade que tem desenvolvido com a comunidade africana. “Esperemos que os representantes da Câmara Municipal tenham uma sensibilidade maior e que não cortem as pernas aos nossos projetos, como atualmente acontece”, lamentou.

Câmara Municipal deve contar com as associações locais para a dinamização e animação cultural do concelho

No Comments »

Ricardo Rio visitou “ACOFA”:

Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga” visitou a Associação Cultural Organizadora de Festivais Amadores (ACOFA), que se dedica à organização de eventos de carácter musical e teatral, entre outros, na cidade de Braga. Karter Mendes, Presidente da associação, recebeu Rio durante esta iniciativa.

A ACOFA, fundada em 1978, mudou-se recentemente para as instalações da nova sede. Este projeto irá permitir à associação alargar o seu âmbito de atuação. “A partir de Outubro, teremos no novo espaço uma Escola de Música para crianças dos 5 aos 12 anos, uma professora para ensinar os princípios do fado e um gabinete de saúde ao dispor dos nossos associados”, afirmou.

Como enfatizou Karter Mendes, a ACOFA conta no seu historial com dezenas de espetáculos “magistrais e que perduram na memória”, protagonizados sempre por grandes artistas amadores. “Estes eventos têm vindo a crescer consistentemente e atingiram já um patamar elevado de credibilidade, prestígio e notoriedade, no panorama musical da cidade”, sublinhou, orgulhando-se do facto do Bragafado (Grande Noite do Fado de Braga) ter obtido o alto patrocínio do Museu do Fado e o interesse cultural para efeitos de mecenato cultural pela Secretaria Estado da Cultura.

Ricardo Rio notou que a ACOFA é já uma associação respeitada no concelho e que, nos últimos anos, tem efetuado um trabalho magnífico a nível da divulgação do fado. “É a única associação de promoção do fado em Braga, com espetáculos de grande qualidade e que têm feito aumentar o número de inscrições de intérpretes provenientes de todo o País”, elogiou, salientando que é presença assídua em muitos dos eventos da ACOFA.

No entanto, o presidente da ACOFA lamentou que a associação nunca tenha recebido o merecido reconhecimento do valor do seu trabalho por parte da autarquia. “Não temos nenhum protocolo nem sequer qualquer tipo de ajuda ou participação nas atividades da Câmara Municipal. Vivemos de fundos próprios, angariados nos espetáculos que realizamos, e foi comesse dinheiro que fomentamos a nova sede”, assegurou.

Segundo Ricardo Rio, esta é uma associação que tem desenvolvido várias iniciativas que se deveriam inserir numa estratégia de dinamização e animação cultural do concelho. “É fundamental apostar nas nossas associações e nos nossos artistas, proporcionando-lhes condições para mostrarem o seu valor e contribuírem para a dinâmica cultural de Braga.”, defendeu.

Por fim, Karter Mendes assumiu a ambição de uma nova gestão na autarquia, que dê mais importância à preservação e valorização da cultura, permita à associação potenciar a sua atividade. “Queremos participar em mais iniciativas, porque consideramos que temos muito para dar aos Bracarenses, que ao participarem massivamente nas nossas iniciativas já deram provas de que estão interessados no nosso trabalho”, declarou.

Ricardo Rio visitou Patronato de São Pedro de Maximinos

No Comments »

Construção de Lar para dar resposta a lacuna no apoio aos idosos da região é a prioridade


Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, visitou o Patronato de São Pedro de Maximinos, numa iniciativa que lhe permitiu reforçar a necessidade da autarquia em estar mais próxima das IPSS´s do concelho. O Padre Manuel Miranda, Presidente da direcção, recebeu o candidato à Câmara Municipal, que esteve também acompanhado por Fernando Almeida, candidato à Junta de Freguesia de Maximinos.

Terminar o projecto do Lar é o grande sonho da instituição, que recentemente efectuou obras nas suas instalações e possui as valências de creche, pré-escolar, centro de dia e apoio domiciliário. “Este é um edifício novo e que já foi concebido para receber o lar, cujas estruturas estão construídas, faltando apenas as obras no interior. Estamos a aguardar luz verde no projecto para proceder à sua abertura”, afirmou, salientando que este tipo de apoio é uma carência em Maximinos e nas freguesias vizinhas: “Maximinos é uma freguesia grande e com muitos idosos, o mesmo acontecendo na Sé, Cividade, etc. Pelo que posso constatar, estou certo de que se o lar, com capacidade para mais de 45 pessoas, estivesse em funcionamento, estaria totalmente cheio”.

Nesse sentido, Rio assegurou que os “Juntos Por Braga” farão o que estiver ao seu alcance para que o sonho do lar se torne brevemente numa realidade e a instituição possa auxiliar cada vez mais cidadãos necessitados da comunidade. “O apoio prestado por este tipo de instituições tem uma enorme importância social no concelho, pelo que cabe à autarquia a responsabilidade e o dever de as apoiar nas suas pretensões e projectos, sendo que são as populações que irão beneficiar desse auxílio”, garantiu.

O Padre Manuel Miranda sublinhou também que seria essencial que os Transportes Urbanos tivessem à disposição horários e itinerários mais ajustados às necessidades dos idosos. “É preciso melhorar a mobilidade na cidade, para que a população sénior se possa deslocar em qualquer hora de autocarro e tenha mais qualidade de vida. Temos idosos com autonomia que, se lhes fosse concedida a oportunidade, viriam para o centro de dia de autocarro”, apontou, afirmando que a aplicação de tarifas municipais mais baixas seria outra forma muito importante de aliviar financeiramente as instituições: “Era bom que pudéssemos receber essa ajuda da autarquia e também de outros agentes da sociedade, já que o nosso trabalho é feito unicamente em prol do bem-estar das populações”.

Para o líder dos “Juntos Por Braga”, essas são vertentes onde a acção do próximo executivo municipal, que irá liderar, mais se fará sentir. “Em relação ao actual executivo, vamos mudar radicalmente a postura, assumindo o compromisso de, entre várias outras medidas de apoio à população mais carenciada, alargar os horários de acesso aos autocarros por parte dos idosos e diminuir as tarifas municipais a aplicar às IPSS´s. Faremos da acção social uma verdadeira prioridade”, garantiu.

Ricardo Rio e Ricardo Silva visitaram clubes em S. Victor

No Comments »

Complexo da Rodovia necessita de melhores condições para a prática desportiva


Ricardo Rio e Ricardo Silva, candidatos à Presidência da Câmara Municipal e da Junta de S. Victor pelos “Juntos Por Braga”, visitaram vários clubes sediados em S. Victor. A iniciativa foi uma forma de perceberam mais aprofundadamente a realidade das colectividades da freguesia e as carências e necessidades para o futuro. Dotar os clubes de melhores condições para poderem apostar na formação dos jovens e criar estruturas de apoio para os associados passarem o tempo de forma lúdica e saudável, formando laços de amizade e solidariedade, foram as principais prioridades apontadas pelos candidatos no decorrer destas visitas.

O G. D. R. de Santa Tecla, o G. D. R. C. Águias Futebol Clube e G. D. Peões foram os clubes que receberem a visita dos candidatos. A falta de condições no Complexo Desportivo da Rodovia para estas colectividades desenvolverem a sua actividade foi uma das queixas mais ouvidas pelos responsáveis dos “Juntos Por Braga”. “Temos à volta de 80 miúdos na nossa formação, sendo que treinamos no Complexo da Rodovia e jogamos nas Camélias ou no campo de Este São Pedro, que alugamos para podermos fazer face às necessidades. A Rodovia está muito preenchida e nem balneários nos dão, o que nos obriga a encontrar outras soluções bem mais desconfortáveis para os jovens e dispendiosas para a nossa tesouraria”, afirmou Manuel Ribeiro, Presidente do Águias F. C., adiantando que é intenção do clube abrir uma secção de rugby e iniciar o futebol feminino, se conseguirem espaço para tal.

Nesse sentido, Ricardo Rio garantiu que a dotação do Complexo da Rodovia de melhores condições para a prática desportiva será um dos objetivos da próxima gestão municipal, que irá liderar. “S. Victor merece um local mais condigno para receber as suas colectividades e de que toda a comunidade possa usufruir”, sublinhou, afiançando que a autarquia deve proporcionar à população mais locais onde possa “praticar desporto ou desfrutar de momentos de lazer”.

As dificuldades financeiras, decorrentes do período de crise que o país atravessa e da diminuição dos patrocínios, levou a que tanto o G. D. R. Santa Tecla como o Águias F. C. tenham tomado a decisão de terminar com o futebol sénior. “Neste momento, o futebol não passa por nós, é muito dispendioso e não estão reunidas as condições para reiniciarmos a modalidade. Actualmente temos ginástica rítmica feminina e gostávamos de formar uma equipa de futsal, algo que ainda não concretizamos por falta de pavilhão disponível, mas que está nos planos”, disse Eduardo Mendes, Presidente do Santa Tecla, que enfatizou ainda que grande parte das verbas do clube foram investidas na modernização da sede: “Temos agora um local mais aprazível onde os associados se podem encontrar e ocupar o tempo. Mas a sede precisa de mais obras de alargamento, sendo que contamos com o apoio da Junta e sobretudo da autarquia para que se essa expansão se torne realidade”.

Para Ricardo Silva, estas são colectividades que, pela enorme história e tradição que têm na freguesia, merecem todo o apoio da junta para a concretização dos seus projectos. “Iremos dar seguimento ao trabalho de proximidade e diálogo que caracterizou o executivo de Firmino Marques, que sempre esteve totalmente disponível para colaborar com os clubes de S. Victor, auxiliando-os em tudo o que era possível. Continuarão a ter na junta um parceiro incansável e disposto a trabalhar num clima de entreajuda e cooperação”, assegurou, destacando o “fantástico” trabalho social e de reforço do espírito de comunidade que estes clubes efectuam e que “não se pode correr o risco de perder”.

Ricardo Rio visitou “Arca de Noé”

No Comments »

Introdução de tarifas municipais mais baixas permitiria importante alívio financeiro para as IPSS´s

Ricardo Rio, candidato à Câmara Municipal, visitou o pólo “Arca de Noé” da Fundação Centro de Solidariedade Social de Valdozende, localizada em S. Victor. Esta iniciativa permitiu a Rio conhecer detalhadamente o funcionamento da instituição e reiterar o compromisso dos “Juntos Por Braga” em dar especial atenção à área social e às IPSS´s do concelho. Emanuel Dinis, Presidente do “Arca de Noé”, recebeu Rio nesta visita.

Como explicou Emanuel Dinis, o pólo “Arca de Noé, fundado em 1995, tem as valências de berçário, creche, jardim-de-infância e ATL. “Ao todo, são cerca de 100 crianças que apoiamos, sendo que temos ainda serviço de apoio domiciliário para os idosos”, afirmou.

Segundo o Presidente, uma das principais dificuldades da instituição prende-se com a escassez de dinheiro. “É um problema comum a muitas IPSS´s, há um certo estrangulamento financeiro que não permite que sobrem verbas destinadas ao investimento, já que o dinheiro é gasto no imediato. A autarquia poderia permitir, através da introdução de taxas municipais mais reduzidas na água ou saneamento, um maior alívio da nossa tesouraria”, salientou.

Nesse sentido, Ricardo Rio garantiu que pretende que as tarifas mais baixas para as IPSS´s sejam uma realidade muito em breve. “É obrigação da Câmara Municipal desonerar as instituições que tanto contribuem para o apoio aos cidadãos mais carenciados do concelho. No próximo ciclo de gestão municipal, tudo faremos para que as IPSS´s disponham de todas as condições para executarem um trabalho cada vez melhor e mais eficaz”, sublinhou.

A exiguidade das instalações foi outro dos problemas apresentados por Emanuel Dinis, que gostaria de mais espaço para receber mais crianças e até criar valências de apoio aos idosos. “Estas instalações estão a ser utilizadas ao máximo. Gostaríamos de, com outras condições, aumentar o apoio que prestamos à população, mas a estabilidade financeira é o que mais nos preocupa actualmente. No futuro, veremos se é possível avançar com um projecto maior”, enfatizou.

Na ocasião, Emanuel Dinis desejou também que a rede social funcione de forma mais constante. “Cabe aos actores dos diferentes órgãos autárquicos e das instituições desenvolver esforços no sentido de suprir essa lacuna e intensificar a colaboração”, assumiu.

Sobre este assunto, o líder dos “Juntos Por Braga” garantiu que pretende que criar uma “verdadeira rede social no concelho”, promovendo um clima de parceria e colaboração entre as diversas instituições. “O trabalho conjunto e em rede é cada vez mais importante, incluído numa visão integrada do território e das suas potencialidades. Pretendemos potenciar recursos de forma a auxiliarmos da melhor forma o maior número de cidadãos possível”, concluiu.

Ricardo Silva apresentou candidatura à Junta de Freguesia de S. Victor

1 Comment »

“Continuaremos a trabalhar em proximidade e constante diálogo com a população de S. Victor”


Foi perante um auditório do IPDJ completamente lotado que Ricardo Silva apresentou a sua candidatura à Junta de Freguesia de S. Victor, numa iniciativa que ficou marcada pelo ambiente de festa e de enorme optimismo em relação à vitória nas eleições autárquicas de dia 29 de Setembro. Ricardo Rio, líder dos “Juntos Por Braga”, e Firmino Marques, actual Presidente da Junta de S. Victor, fizeram questão de marcar presença no evento e dar o seu total apoio a esta candidatura. Na ocasião, foram também apresentados os elementos que constituem a equipa liderada por Ricardo Silva.

Durante o seu discurso, Rio salientou que a mudança em Braga não pode mais ser adiada. “O concelho não se pode dar ao luxo de perder mais tempo com políticas levadas a cabo pelos mesmos de sempre e com os objectivos de sempre. Nós somos o tempo novo de que Braga tanto precisa, nós somos o melhor para Braga”, salientou, sublinhando que o programa dos “Juntos Por Braga” é muito claro e vai ao encontro das reais necessidades da população: “O nosso programa não inclui despedir funcionários públicos nem sequer privatizar as empresas municipais. Inclui, isso sim, medidas como dignificar os trabalhadores do município ou aumentar os apoios sociais para os mais carenciados”.

No que se refere a S. Victor, Ricardo Silva enfatizou que aceita o desafio de encabeçar a candidatura com “enorme honra e sentido de responsabilidade”. “Comigo e com esta equipa, podem estar certos de que continuarmos a estar próximos e em constante diálogo com os Victorianos. Connosco, S. Victor não vai parar”, assegurou, afirmando que esta é uma freguesia onde irá herdar um trabalho “fantástico” desenvolvido por Firmino Marques: “Graças a esse trabalho, S. Victor é uma freguesia onde tudo parece excelente e fácil de acontecer, e onde o executivo trabalha sempre com um sorriso nos lábios e em prol dos cidadãos. Não contem comigo para fazer menos do que isso”.

De acordo com Ricardo Silva, existem desafios imensos que se colocam a S. Victor e ao próprio concelho. “Temos um Parque das Sete Fontes que Braga reclama mas que ainda não está feito, sendo este um processo que merecerá toda a nossa atenção e cuidado até que efectivamente se concretize. Já na acção social, será uma prioridade colocar a Casa do Areal, um equipamento apetrechado mas que continua vedado aos que mais precisam, ao serviço da população”, afirmou, apontando ainda a requalificação do Parque Desportivo da Rodovia, a promoção de melhores soluções de mobilidade e mais amigas do ambiente, a remoção da cicatriz que separa a Rua Nova de Santa Cruz da Rua D Pedro V e a finalização do projecto da Fábrica Confiança como prioridades da sua gestão.

“Mas para que estes projectos se possam tornar realidade, é fundamental que tenhamos na liderança da Câmara Municipal alguém que seja sensível às necessidades de S. Victor, algo que não acontece com o actual executivo. Ricardo Rio é a pessoas certa para potenciar S. Victor e aumentar a qualidade de vida na freguesia”, afiançou o candidato, garantindo que é preciso apostar nos Ricardos certos para colocar Braga e S. Victor no rumo certo para o progresso: “A escolha certa é Ricardo Rio para a autarquia e Ricardo Silva para a Junta de S. Victor”.

O candidato a S. Victor declarou ainda que está alicerçado por uma equipa vasta e experiente, que tem dado o melhor pela freguesia e que continuará a pugnar para que isso aconteça. “É com esta equipa que vamos continuar S. Victor. Temos uma freguesia que vive das IPSS´s, da grande dinâmica dos seus grupos culturais, associações, clubes desportivos e voluntários anónimos. Todos juntos, faremos deste um projecto maior e de S. Victor uma freguesia cada vez melhor”, disse

Por seu turno, Firmino Marques afirmou que, depois de um ciclo “imparável” de desenvolvimento, S. Victor não pode ter menos que o melhor. “E o melhor é, sem sombra de dúvidas, Ricardo Silva e a equipa que o acompanha. Trata-se de uma pessoa que sempre teve uma postura marcada pelo trabalho dedicado, voluntário e com grande espírito de sacrifício em prol dos outros e das causas em que acredita. Representa na perfeição o legado que iniciamos há 12 anos e será um sucessor que estará à altura dos enormes desafios que se colocam”, garantiu.

Grande comício no próximo Domingo!

No Comments »


Francisco Mano apresentou candidatura à Junta de Freguesia de Tadim

No Comments »

“Tadinenses podem contar com trabalho, rigor, transparência e inovação”


Francisco Mano apresentou publicamente a candidatura à Junta de Freguesia de Tadim, liderando a equipa dos “Juntos Por Braga”. Durante o evento, foram também apresentados os vários elementos que constituem a equipa liderada por Francisco Mano.

De acordo com o candidato, Tadim necessita urgentemente de uma mudança de rumo político. “Em Democracia existe sempre alternativa, e nós representamos essa alternativa e um novo rumo para a freguesia, com o objectivo principal de unir Tadim”, salientou, enfatizando que o acompanha neste desafio uma equipa “capaz, dinâmica e dedicada”.

Para Francisco Mano, é fundamental que a Junta de Freguesia esteja mais próxima das pessoas do que actualmente acontece. “Os cidadãos têm de sentir que a Junta está lá para os auxiliar. Queremos dar um maior apoio social aos Tadinenses e ajudar sobretudo as crianças, os jovens e a população sénior”, afirmou.

Nesse sentido, o candidato indicou que a sua candidatura pretende dar toda a assistência necessária as idosos, em colaboração com a Casa do Povo de Tadim, e criar uma equipa de apoio aos desempregados, entre outras medidas voltadas para a ação social.

Imprimir uma maior dinâmica nas áreas da educação, saúde, desporto e cultura é também, segundo Francisco Mano, essencial para Tadim. “A freguesia está parada no tempo e a população acomodada. É preciso sairmos rapidamente do marasmo”, sublinhou, garantindo que vai lutar por um ensino de qualidade para as crianças e por uma assistência médica em tempo útil para todas as pessoas que dela necessitem, trabalhando em proximidade com o Centro de Saúde e outras instituições de saúde da freguesia.

O candidato garantiu ainda que, com a equipa que apresenta, os Tadinenses podem contar com “trabalho, rigor, transparência e inovação”. “Estaremos sempre disponíveis para receber as pessoas e ouvir os seus problemas, fazendo o que estiver ao nosso alcance para melhorar a qualidade de vida em Tadim”, disse, assegurando que é preciso enfrentar os novos desafios que se colocam acreditando nas potencialidades, tradições e força da gente de Tadim.

Por seu turno, Ricardo Rio afirmou que este é um tempo novo e que exige pessoas com outras capacidades e qualidades para liderar Tadim. “Os problemas de hoje não são os mesmos do passado, e exigem intervenientes novos que encontrem respostas capazes de ir ao encontro das pretensões da população”, afirmou, sublinhando que o que serviu noutra altura, já não é suficiente para garantir o presente e o futuro que Tadim quer construir.

A concluir, o líder dos “Juntos Por Braga” assumiu que no próximo ciclo autárquico, que irá liderar, a Câmara Municipal estará mais presente na vida das freguesias mais afastadas do centro. “Connosco, todos os Bracarenses merecerão o mesmo respeito e atenção, pelo que podem contar com uma autarquia ao lado dos cidadãos e da Junta de Freguesia na procura do melhor para Tadim”, finalizou.

Goreti Machado apresentou candidatura a Nogueira, Lamaçães e Fraião

No Comments »

“Procurar soluções sociais e reforçar o trabalho em rede são as principais linhas orientadoras”


Goreti Machado apresentou publicamente a candidatura à União de Freguesias de Nogueira, Lamaçães e Fraião, liderando a equipa dos “Juntos Por Braga”, numa iniciativa que marcou também a abertura da sede de campanha da candidatura, em Nogueira. Durante o evento, foram apresentados os elementos que constituem a equipa liderada por Goreti Machado, com destaque para Fernando Peixoto e João Marques, representantes de Lamaçães e Nogueira.

Procurar soluções sociais e reforçar o trabalho em rede nessa área são, para Goreti Machado, as principais linhas orientadoras desta candidatura. “Procuraremos soluções para as pessoas, construídas com elas e para elas. Queremos ajudar os cidadãos a ultrapassar os constrangimentos que hoje enfrentamos”, sublinhou, garantindo que a sua experiência de trabalho em instituições sociais lhe permite ter um “conhecimento vasto das carências do território e das necessidades da população”.

De acordo com Goreti Machado, a educação é outra das vertentes que tem de ser encarada como prioritária, valorizando o que de bom tem sido feito na comunidade escolar e dotando os estabelecimentos de ensino das melhores condições possíveis. “Se é verdade que muito se tem melhorado nesta área, também é verdade que há sempre algo mais a fazer para garantir uma educação de qualidade para os nossos filhos e netos”, sublinhou.

O desporto, os transportes públicos e o ambiente foram outras das áreas que Goreti Machado apontou como fundamentais para estas freguesias. “Queremos que Nogueira, Lamaçães e Fraião sejam cada vez mais freguesias onde as crianças, os jovens, os adultos e os idosos se sintam bem e tenham gosto em viver. É para isso que vamos trabalhar, sempre em ambiente de união e coesão”, afirmou.

Goreti Machado enfatizou ainda que para a concretização destes compromissos, é fundamental a eleição de Ricardo Rio como Presidente da Câmara Municipal. “Tenho a certeza que se esse for o caso, teremos a trabalhar connosco um Presidente sensível, conhecedor das realidades das freguesias, competente, responsável e acima de tudo sério e actuante”, acredita.

Por seu turno, Ricardo Rio iniciou o seu discurso enaltecendo o “fantástico” desempenho de todos os autarcas eleitos pelo "Juntos por Braga" pelo trabalho em cooperação com a comunidade na educação, na cultura e nas respostas sociais. “É devido ao vosso esforço e dedicação que muitas freguesias se encontram hoje num elevado patamar de desenvolvimento e progresso”, assegurou.

Para o líder dos “Juntos Por Braga”, estas são três freguesias que têm vindo a crescer e a ganhar uma importância maior no concelho. “Dentro de pouco tempo, e mantendo este ritmo, esta pode ser até a maior União de Freguesias de Braga. E é com esta equipa e com a liderança firme e experiente de Goreti Machado que os interesses das três freguesias melhor serão defendidos”, declarou.

A finalizar, Rio destacou a importância de se promover um crescimento "qualificado", em que o aumento da população não esqueça o respeito pelo ordenamento, os serviços de transportes capazes, os espaços verdes, o aproveitamento das zonas para equipamentos e o apoio a todos os agentes de desenvolvimento locais.